set
25
Jean Cocteau and Juliette Gréco on the set of Orpheus. | Juliette gréco, Jean cocteau, French cinema
Juliette com Cocteau: glória também no cinema.
AOS LEITORES, OUVINTES E AMIGOS :
Bahia em Pauta reproduz em seu espaço principal de informação e opinião, as considerações feitas pela escritora Lucia Jacobina – amiga do peito e colabora do BP – na área de comentários deste site blog, a propósito da matéria jornalística “Uma vida extraordinária:Juliette Gréco, estrela da música francesa e musa existencialista, morre aos 93 anos em casa”. No texto de seu comentário, Lucia destaca a grandiosidade e relevância de La Gréco também no cinema. Lindas palavras escritas, carregadas de emoção e conteúdo informativo, que o Bahia em Pauta destaca, aplaude e agradece. (Vitor Hugo Soares, editor).
=============================================
LUCIA JACOBINA:
“Outro lamentável desaparecimento de um ícone da canção francesa que encantou o mundo inteiro.
Quero lembrar aqui que Juliette trabalhou como atriz também com Jean Cocteau em dois de seus legendários filmes, Orfeu e Testamento de Orfeu, em 1949 e 1959, respectivamente.
O Orfeu de Cocteau tornou-se tão importante que Philip Glass nele se inspirou para escrever uma nova ópera, sobre o mesmo mito grego, já consagrado na poesia e na música. Essa versão de Glass foi montada no Brasil, ano passado no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, dirigida por Filipe Hirsch.”
BRAVO!!!
 
 

Be Sociable, Share!

Comentários

Lucia Jacobina on 25 setembro, 2020 at 15:32 #

Vitor,
obrigada pelo generoso destaque dado ao meu comentário.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2020
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930