Juliette Greco, durante um show em janeiro de 2013, em Paris
Juliette Greco, durante um show em janeiro de 2013, em Paris

=================================================

 

Thomas Samson/AFP

Morreu hoje aos 93 anos a grande estrela da música francesa Juliette Gréco, A morte da célebre intérprete de obras de Léo Ferré e Jacques Prévert foi confirmada pelos familiares à AFP.

“Juliette Gréco morreu perto dos seus familiares em sua amada casa em Ramatuelle (sudeste de França). Sua vida foi extraordinária.”

Ícone francês, amiga de poetas e músicos, encarnou como poucos artistas o espírito do bairro artístico parisiense de Saint-Germain-des-Prés.”Ela personificava a elegância e a liberdade (…) Seu rosto e sua voz continuarão a acompanhar nossas vidas”, escreveu o presidente francês, Emmnauel Macron.

Juliette Gréco nasceu em 7 de fevereiro de 1927 em Montpellier, no sul da França. Após a separação dos seus pais, cresceu com sua irmã Charlotte próximo a Burdeos (sudoeste do país) na casa dos seus avós.

Sua infância foi melancólica e ela encontrou na dança o seu refúgio. A guerra obrigou a família a fugir para uma propriedade no Périgord, que serviu de lugar passagem para a resistência aos invasores alemães.

Em 1943, sua mãe e sua irmã foram deportadas e ela própria foi presa na França por uma dezena de dias. Gréco contou essa parte da sua vida na autobiografia publicada em 1983, “Jujuba”.

“Escrever ‘Jujuba’ foi muito cruel para mim, muito violento. Eu gostava de escrever, mas não gostava de voltar o filme. Não queria que outra pessoa fizesse isso, eu escrevi, não tinha dúvidas.”

– Juliette Gréco

No final da guerra, com menos de 20 anos, seu ar rebelde, sua beleza e seus looks seduziram intelectuais e artistas de Saint-Germain-des-Prés em Paris, frequentado com Marguerite Duras, Jean-Paul Sartre, Simone de Beauvoir e com noites animadas no mítico “Le Tabou”.

Raymond Queneau e Sartre assinam seus primeiros sucessos como cantora, “Si tu t’imagines …” e “La Rue des Blancs-Manteaux”. Com o tempo, ampliou seu repertório com Jacques Prévert, Boris Vian e Charles Aznavour.

A “menina bonita” se apresentou no Olympia, templo da música francesa, pela primeira vez em 1954, e se consagrou. Na década de 1960 a francesa interpreta os maiores nomes da época como Serge Gainsbourg, Léo Ferré, Jacques Brel e Georges Brassens.

Também atuou em “Bonjour tristesse” (1958), dirigido por Otto Preminger. Atuou na novela “Belphégor”, que a fez ter sucesso na telinha, em 1965.

Juliette Gréco sobreviveu ao tempo e à moda. Em 2015 fez uma grande turnê de despedida, na qual comemorou seus 89 anos no palco do Théâtre de la Ville, onde teve grande sucesso em 1968, com “Deshabillez-moi”.

*Com informações da AFP

“Je suis comme je suis”, Julliette Gréco: Editado em agosto do ano passado no Bahia em Pauta e agora reproduzido, com muita saudade, na despedida da estrela maior da canção francesa, que nos deixou nesta quarta-feira triste de setembro do 2020:

“Je suis comme jé suis”, Juliette Grecco:Atualmente aos 92, ícone do existencialismo na canção francesa, ela deixou os palcos há quatro anos, quando fez sua turnê de despedida. Mas quem a encontra ainda , em Paris, sabe que a chama da paixão na voz e na interpretação segue intensa e comovente, como sempre, quando ela canta, interpreta, fala ou declama os autores e melhores poetas de sua terra. Neste vídeo, um presente aos ouvintes e leitores do BP: La Greco em sua melhor forma e conteúdo.

ADEUS! BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

set
24
Posted on 24-09-2020
Filed Under (Artigos) by vitor on 24-09-2020
Urgente: Gilmar suspende processo contra Baldy
 

Gilmar Mendes suspendeu a ação penal aberta na Lava Jato do Rio contra Alexandre Baldy. Ele é suspeito de embolsar R$ 2,6 milhões em propinas.

O ministro entendeu que o juiz federal Marcelo Bretas não tem competência no caso. A defesa pede que o processo tramite na Justiça Eleitoral de Goiás. Caberá à Segunda Turma do STF definir o destino da ação.

 

“Destaca-se a importância do respeito à garantia constitucional do juiz natural e da devida observância dos critérios constitucionais e legais de fixação da competência”, escreveu.

 Gilmar também suspendeu a operação de busca e apreensão contra Baldy, e o bloqueio de bens, que havia sido determinado no caso.

O Ministério Público Federal acusa Baldy — que atualmente é secretário licenciado de Transportes do governo João Dória, em São Paulo — de receber propina em três esquemas.

Em 2014, ele teria recebido R$ 500 mil para liberar pagamentos atrasados do governo de Goiás a uma organização social que geria o Hospital de Urgência da Região Sudoeste.

Entre 2015 e 2018, segundo o MPF, recebeu R$ 960,4 mil para direcionar à empresa Vertude licitação da Junta Comercial de Goiás. A empresa ainda teria pago a ele R$ 1,1 milhão, entre 2016 e 2018, para ganhar um contrato na Fiocruz.

A defesa comemorou a decisão de Gilmar.

“O Supremo Tribunal Federal, mais uma vez, cumpre seu papel de guardião da Constituição, evitando que autoridades apurem fatos que não são de sua competência”, afirmaram, em nota, os advogados Pierpaolo Cruz Bottini, Alexandre Jobim e Tiago Rocha.

set
24
Posted on 24-09-2020
Filed Under (Artigos) by vitor on 24-09-2020

DO CORREIO BRAZILIENSE

A informação foi divulgada em comunicado nas redes sociais do artista

CB
Correio Braziliense
 

 (crédito: David Obadia/Divulgação)

(crédito: David Obadia/Divulgação)

O cantor Gerson King Combo morreu, na noite da última terça-feira (22/9), aos 76 anos. O comunicado foi publicado na manhã desta quarta-feira (23) nas redes sociais do artista. A morte ocorreu em decorrência de infecção generalizada e de complicações da diabetes após súbita internação, segundo a equipe do músico.

Na semana passada, o artista chegou a passar mal e cancelar a participação no Caxias Music Festival. Na última segunda-feira, ele teve alta. Mas na terça-feira foi até o Posto de Assistência Médica de Irajá, no Rio de Janeiro, para novo atendimento e não resistiu, segundo o G1.

Gerson King Combo era pioneiro do funk carioca. Ele iniciou a carreira artística nos anos 1960 fazendo dublagem. Na época, também tinha experiência como dançarino e coreógrafo, o que o levou a trabalhar no programa da Jovem Guarda e depois a compor hits do grupo. Foi crooner da banda Renato e Seus Blue Caps e do Fevers, até que passou a integrar a Fórmula Sete.

Considerado do James Brown brasileiro, o artista lançou o primeiro álbum em 1977, Gerson King Combo Volume I, que incluia canções como Mandamentos black e Uma chance. O segundo volume foi lançado no seguinte. Até o início dos anos 1980 viveu um momento de ascensão, principalmente, pela participação em bailes blacks. Até que caiu no ostracismos e teve uma nova guinada no fim dos anos 1990.

O mais recente trabalhou foi uma regravação de Uma chance (ao vivo), lançada no ano passado. A ideia era lançar um DVD que incluía a faixa neste ano.

set
24
Posted on 24-09-2020
Filed Under (Artigos) by vitor on 24-09-2020



 

 Thiago Lucas, no

 

set
24

DO CORREIO BRAZILIENSE

A França suspendeu, em meados de maio, quase dois meses de um confinamento rigoroso com o qual conseguiu conter o avanço do vírus

AF
Agência France-Presse
 

 (crédito: Nicolas Tucat/AFP)

(crédito: Nicolas Tucat/AFP)

Os bares e restaurantes da cidade mediterrânea francesa de Marselha, a segunda da França, fecharão devido ao aumento de casos de covid-19, anunciou o ministro da Saúde, Olivier Véran, nesta quarta-feira (23).

“Globalmente, a situação continua piorando. Isso exige que tomemos medidas complementares”, acrescentou.

Em Paris, os bares permanecerão abertos, mas o horário de fechamento será adiantado para 22h00 (17h00 em Brasília) e reuniões de mais de 10 pessoas estarão proibidas em espaços públicos.

Os números “continuam piorando”, mas “ainda há tempo de agir”, destacou Véran. A França suspendeu, em meados de maio, quase dois meses de um confinamento rigoroso com o qual conseguiu conter o avanço do vírus, apesar de ao preço de mais de 31.000 vidas.

No entanto, registrou nas últimas semanas vários surtos do vírus. Apenas nas últimas 24 horas foram relatados mais de 10.000 casos de covid-19. O número de hospitalizados supera os 4.000, dos quais 650 estão em reanimação.

  • Arquivos

  • setembro 2020
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930