ago
22

NO CORREIO BRAZILIENSE

Após Senado impor derrota ao presidente, Câmara votou por manter o veto ao reajuste salarial para algumas carreiras do funcionalismo

IS
Ingrid Soares
 

 (foto: Evaristo Sá/AFP)

(foto: Evaristo Sá/AFP)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) agradeceu, nesta sexta-feira (21/08), aos deputados que votaram na noite de quinta-feira (20/8) pela manutenção do veto ao reajuste salarial a algumas carreiras do funcionalismo público.

“Gostaria de agradecer a grande parte do Congresso Nacional, onde temos valorosos parlamentares, que tem nos dado o apoio para que este sonho, para que este objetivo seja concretizado. Obrigado, senhores parlamentares”, afirmou, durante a inauguração de um residencial popular em Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Bolsonaro disse ainda que atingirá os objetivos de seu governo com a ajuda dos “sócios” que possui na Casa. “É uma satisfação voltarmos aqui, vê-los dessa forma felizes e acreditando no nosso Brasil. Podem ter certeza que, com o time que nós temos, com nosso sócios, no bom sentido, no parlamento “Brasileiro, nós atingiremos nossos objetivos”, declarou.

 Na quinta de manhã, Bolsonaro se irritou com a derrubada do veto pelo Senado e destacou que se a Câmara seguisse o entendimento, seria “impossível governar o Brasil”. Segundo o presidente, a medida teria um impacto de ao menos de R$ 120 bilhões nos cofres públicos e impossibilitaria a manutenção do teto de gastos e a extensão do auxílio emergencial. Bolsonaro esperava que a Câmara mantivesse o veto porque, segundo ele, “é responsabilidade de todo mundo ajudar o Brasil a sair do buraco”.

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) também chegou a criticar a derrubada do veto presidencial e apontou que a medida tomada pelo Senado “não foi uma boa decisão”.

Essa é a terceira visita de Bolsonaro ao Nordeste em menos de 20 dias. Ainda nesta sexta-feira, em um vídeo postado pelo chefe do Executivo nas redes sociais, em meio a aglomeração e sem máscara, Bolsonaro acena e cumprimenta com apertos de mãos apoiadores que o receberam ao som de “mito” na chegada do aeroporto. O plano do presidente é partir para o ‘corpo a corpo’ junto à população e entregar obras pelo país, empolgado pela alta na popularidade em pesquisas justificada pelo auxílio emergencial. De olho em 2022, o mandatário visa conquistar o eleitorado petista que o rejeitou em 2018.

Durante o evento de inauguração do residencial, Bolsonaro discursou para a população: “Não tem preço a recepção que vocês nos fornecem. Isso é energia para que nós continuemos a trilhar no caminho do desenvolvimento”, destacou.

Por fim, o mandatário anunciou a publicação no Diário Oficial da União do nome da professora Ludmila Serafim como reitora da Universidade Federal Rural do Semi- Árido (Ufersa). “Quero dar uma boa notícia, acabou de publicar no DOU a posse da professora Ludmilla como reitora da Universidade Federal do Semi- Árido. Boa sorte. A senhora tem um grande papel pela frente”, concluiu.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • agosto 2020
    S T Q Q S S D
    « jul   set »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31