jul
27
Postado em 27-07-2020
Arquivado em (Artigos) por vitor em 27-07-2020 00:11

DO CORREIO BRAZILIENSE

Vencedora de dois Oscar, Olivia de Havilland morreu de causas naturais enquanto dormia


CB Correio Braziliense
 
Olivia de Havilland era representante da Era de Ouro em Hollywood(foto: AFP / Patrick KOVARIK)
Olivia de Havilland era representante da Era de Ouro em Hollywood (foto: AFP / Patrick KOVARIK)

Morreu neste domingo (26/7) a atriz Olivia de Havilland, aos 104 anos. Segundo informações da imprensa americana, ela faleceu de causas naturais, enquanto dormia, em Paris.

Olivia de Havilland fez parte da chamada Era de Ouro do cinema americano. Ela ganhou o Oscar duas vezes, pelas performances em Só resta uma lágrima (1946) e Tarde demais (1949). Entre outros papéis de destaque, Olivia viveu Melaine em …E o vento levou (1939) e participou de títulos como A porta de ouro (1941) e Na cova da serpente (1948).
Além do talento, Olivia ficou marcada pela militância pelo direito dos artistas. Ela participou do grupo de profissionais que exigiu que a indústria cinematográfica permitisse que atores escolhessem os papéis que interpretariam. Antes, eram os estúdios que decidiam isso.
 
A atriz nasceu em 1º de julho de 1916 em Tóquio e viveu em Paris desde o início dos anos 1950. Ela foi casada duas vezes – primeiro com o autor Marcus Goodrich, de 1946 a 1953, e depois com o jornalista Pierre Galante, editor da revista francesa Paris Match.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos