jun
23
MODA. Fotografias (4) de moças na praia, com os trajes
“Eu que os mares amei, e o sol tirânico”,
Os flavos grauçás de dorso enxuto,
As moças de maiô e o vento atlântico,…

“SONETO DA MORTE SEM SUSTO”

João Carlos Teixeira Gomes (reproduzido da página de José de Jesus Barreto, no Facebook)
 
“Minha única certeza é minha morte.
Virá festiva, com pendões vermelhos,
Provocadora com seu riso forte.
Mas me verá de pé, não de joelhos.
Pode vir de mansinho a forasteira
Ou numa orgia de ossos e fanfarras,
Com dois laços de fita na caveira
E o ágil chocalhar das finas garras.
Eu que os mares amei, e o sol tirânico,
Os flavos grauçás de dorso enxuto,
As moças de maiô e o vento atlântico,
Sereno hei de esperá-la em meu reduto.
E assim ao ver-me, sem sinal de pânico,
A própria morte se porá de luto”.
(“Soneto da Morte Sem Susto”, de Joca/João Carlos Teixeira Gomes).
 

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos