maio
21

Durante entrevista sobre a pandemia, ex-presidente disse que “ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus”


CB Correio Braziliense

postado em 20/05/2020 15:57 / atualizado em 20/05/2020 18:34

 
(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu desculpas após usar usar a expressão “ainda bem” ao se referir ao surgimento do novo coronavírus. “Usei uma frase infeliz, que não cabia, para tentar explicar que é no auge da crise que a gente entende a importância do SUS e do Estado. Peço desculpas a quem se sentiu ofendido”, afirmou. 

A declaração polêmica aconteceu na terça-feira (19/5), em entrevista à revista Carta Capital que era transmitida pela internet. Lula disse: “Ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo que os cegos enxerguem, que os cegos comecem a enxergar, que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises”.
 

O pedido de desculpas, publicado em uma rede social, Lula também afirmou que poderia ter usado a palavra “infelizmente”, no lugar de “ainda bem”, o que o teria feito soar de maneira mais adequada.

“Eu sou ser humano movido a coração, eu sei o sofrimento que causa a pandemia, não poder enterrar seus parentes, eu não saio de casa do dia 12 de março até agora. Nasceu netinha minha e eu não fui ver. Acredito piamente, enquanto não tiver remédio, a melhor solução para não pegar a doença é ficar em casa”, acrescentou.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos