maio
19
Postado em 19-05-2020
Arquivado em (Artigos) por vitor em 19-05-2020 00:19

Ontem, o secretário municipal da Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, pintou um retrato sombrio da situação da capital do estado, que estaria com 91% dos leitos de UTI da rede municipal ocupados por causa da Covid-19

Diante desse quadro, o prefeito Bruno Covas reafirmou que o lockdown estava sobre a sua mesa e a do governador — mas que, para ser efetivo, todos os municípios da região metropolitana de São Paulo teriam de adotá-lo.

O panorama também está carregado na Baixada Santista e não está nada bom no interior, com taxas de infecção cada vez mais altas — e que agora passou a receber pacientes da capital.

Hoje, como publicamos mais cedo, Doria rechaçou decretar o lockdown no estado. “A situação está sob controle. Ainda estamos dentro de uma margem segura que não estabelece colapso [do sistema de saúde] em São Paulo”, disse o governador.

Afinal de contas, o sistema está colapsando ou não? Decida-se, Doria. Só não pode ter medo de cara feia de bolsonarista, ceder a pressões de empresários e ter receio de não reeleger Bruno Covas por causa de uma medida que seria impopular — como o lockdown.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos