Azevedo: “Forças Armadas estarão ao lado da lei, da ordem e da democracia”

A declaração do ministro da Dfesa, Fernando Azevedo, ocorre um dia após Bolsonaro afirmar que tem as orças Armadas do lado dele durante ato que pedia intervenção militar


 
(foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
(foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, afirmou nesta segunda-feira (4/5) que as Forças Armadas “cumprem a sua missão constitucional” e que elas “estarão sempre ao lado da lei, da ordem, da democracia e da liberdade”.

O comunicado acontece um dia depois das manifestações antidemocráticas que tiveram a participação do presidente Jair Bolsonaro, em que apoiadores dele pediam o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF), além de uma intervenção militar no país.
Durante o ato, Bolsonaro apareceu na rampa do Palácio do Planalto para cumprimentar os manifestantes e fez intimidações a outros Poderes da República. O mandatário afirmou que “chegou ao limite”, que não iria “admitir mais interferência” e  que “não tem mais conversa”. O presidente ainda afirmou que “as Forças Armadas estão ao nosso lado”.
Na nota oficial, Azevedo destaca que “Marinha, Exército e Força Aérea são organismos de Estado, que consideram a independência e a harmonia entre os Poderes imprescindíveis para a governabilidade do País”.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos