“Uno”, Edmundo Rivero: um antológico tango portenho e um intérprete inimitável , para recordar o “Viejo Almacém” e as noites incomparáveis de Buenos em tempos sem a covod-19 espreitando nos cafés, bares e nas ruas. Saudades!

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos