abr
12

Por G1

Familiares e amigos acompanham funeral no bairro de Brooklyn, em Nova York, Nova York (EUA), neste sábado (11) — Foto: Jeenah Moon/ Reuters Familiares e amigos acompanham funeral no bairro de Brooklyn, em Nova York, Nova York (EUA), neste sábado (11) — Foto: Jeenah Moon/ Reuters

 

Familiares e amigos acompanham funeral no bairro de Brooklyn, em Nova York, Nova York (EUA), neste sábado (11) — Foto: Jeenah Moon/ Reuters

 Os Estados Unidos se tornaram neste sábado (11) o país com o maior número de mortes provocadas pela Covid-19 em todo mundo, de acordo com a universidade americana Johns Hopkins. Com 18.860 mortes em território americano, o país superou a Itália, que já tem 18.849, ainda de acordo com o balanço da universidade.

O balanço de vítimas em todo mundo segue em constante atualização. Também neste sábado números divulgados oficialmente pela Defesa Civil da Itália apontam que o número total de mortes no país já chega a 19.468.

um levantamento feito pela agência de notícias Reuters, os óbitos nos EUA já passam de 19,6 mil, o que também coloca o país como recordista no número de mortes desde o início da pandemia.

 
Estados Unidos têm quase um terço dos casos de coronavírus do mundo

Estados Unidos têm quase um terço dos casos de coronavírus do mundo

 

Os Estados Unidos também lideram, com mais de 500 mil infectados, o ranking dos países mais atingidos pelo novo coronavírus, segundo a universidade Johns Hopkins. O país foi o primeiro a a registrar mais de 2 mil mortes em um período de 24 horas.

Em 19 de março, a Itália ultrapassou o número de mortos da China, onde a pandemia começou no fim de 2019. Em todo o mundo, a pandemia já matou mais de 100 mil pessoas.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos