abr
08
Postado em 08-04-2020
Arquivado em (Artigos) por vitor em 08-04-2020 00:13

DO EL PAÍS

O ex-jogador de futebol brasileiro foi preso em março por entrar com um passaporte falso no país sul-americano

O ex-jogador Ronaldinho após ser detido pdela polícía paraguaia.
O ex-jogador Ronaldinho após ser detido pdela polícía paraguaia.Jorge Saenz / AP

Um juiz paraguaio concedeu prisão domiciliar ao ex-jogador de futebol brasileiro Ronaldinho Gaúcho, que deve seguir respondendo ao processo em um hotel em Assunção. O astro do futebol foi preso, juntamente com o irmão, por entrar no país com um passaporte paraguaio adulterado.

Ronaldo de Assis Moreira chegou ao Paraguai no dia 4 de março, vindo de São Paulo, de onde partiu com o passaporte brasileiro. O ex-jogador do Barcelona foi aplaudido na chegada por uma centena de fãs no aeroporto de Luque. Os planos paraguaios de Ronaldinho iam desde participar de atividades de caridade até lançar um livro e participar da inauguração de um cassino. No escritório de imigração, o ex-jogador de futebol e seu irmão, Roberto de Assis Moreira, mostraram um passaporte paraguaio. O astro e seus acompanhantes aguardaram o desfecho da questão em um hotel de luxo nas proximidades. Doze horas depois, foram forçados a comparecer perante as autoridades.

O astro internacional do Brasil cumpriu um mês de prisão nesta segunda-feira, detido na sede do Grupo Policial Especializado. Os advogados dos brasileiros apresentaram garantias no valor de 1,6 milhão de dólares para ambos. Os irmãos Assis Moreira alegaram que os documentos lhes foram entregues de presente pela empresária que os convidou para viajar ao Paraguai, Dalia López Troche, titular de uma fundação humanitária, até agora foragida. Outras 14 pessoas foram indiciadas e forçaram a renúncia do diretor de Migrações.

A investigação tributária busca determinar em que contexto os documentos falsificados foram emitidos e qual o objetivo de seu uso no Paraguai, já que Ronaldinho e o irmão portavam sua documentação brasileira.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos