abr
04
Questionado hoje sobre as críticas de Jair Bolsonaro à sua atuação no Ministério da Saúde, Luiz Henrique Mandetta comparou o presidente à família de um paciente doente.

“Eu tenho 31 anos de medicina, a gente se prepara para cuidar de pacientes. A família às vezes reclama do médico. A gente entende que às vezes a notícia não é boa, às vezes a maneira que a gente transmite a notícia pode ser que a família não gosta”, disse.

“O paciente agora é o paciente Brasil. É natural que as pessoas em torno e que tenham amor pelo paciente Brasil, como é o presidente Jair Bolsonaro, se preocupem. Mas há uma vontade muito grande de acertar, de acharmos o caminho todos juntos de irmos com esse paciente a um porto seguro. Então eu estou muito tranquilo, entendo que as reações são assim, não é nada desconfortável.”

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos