abr
04

Do  Jornal do Brasil

Macaque in the trees
Mandetta tem feito bom trabalho na crise do coronavírus, diz pesquisa (Foto: imagem reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro tem aprovação de 33% da população na gestão da crise do coronavírus, enquanto aprovação do Ministério da Saúde é mais que o dobro, de 76%, segundo pesquisa Datafolha.

Por outro lado, a reprovação à atuação do presidente é de 39%, enquanto apenas 5% se colocam contra o desemprenho da pasta, apontou a pesquisa, publicada nesta sexta-feira (3) pelo jornal Folha de S.Paulo.

A pesquisa, que ouviu 1511 pessoas por telefone, em todas as regiões do país, foi feita entre quarta-feira (1º) e a manhã de sexta-feira (3). A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Aprovação do desempenho dos governadores é de 58%

A enquete perguntou também a opinião das pessoas em relação ao desempenho dos governadores frente à pandemia da COVID-19, doença provocada pelo vírus. O índice também ficou maior do que a aprovação do presidente.

De acordo com o Datafolha, 58% dos entrevistados afirmaram que a atuação deles é ótima ou boa; 23% responderam que é regular; 16% disseram que é péssima; e 2% não responderam.

Na pesquisa anterior, os governadores tinham aprovação de 54% e reprovação de 16%.

Segundo a enquete recente, 33% considera a atuação de Bolsonaro ótima ou boa; 25% acredita que é regular; 39% diz que é péssima; e 2% não respondeu.

No levantamento anterior, divulgado em 23 de março, a aprovação de Bolsonaro era de 35% e a reprovação de 33%.

Aprovação da Saúde subiu de 55% para 76%

Em relação ao desempenho do Ministério da Saúde, 76% dizem que consideram ótima ou boa; 18% que é regular; 5% que é péssima; e 1% não respondeu.

Na pesquisa anterior, a aprovação da pasta era de 55% e a reprovação era de 12%. (Sputnik Brasil)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos