Do Jornal do Brasilornal do Brasil

Macaque in the trees
A princesa Diana morreu no dia 31 de agosto de 1997 em um acidente de carro em Paris (Foto: Arquivo JB)

Justiça francesa teria negado acesso a arquivos sobre morte da princesa Diana por 75 anos, enquanto investigação jornalística levanta dúvidas sobre versão oficial do caso.

Embora mais de 20 anos tenham se passado após a morte da princesa de Gales, comumente chamada de Lady Di, as autoridades francesas estariam encobrindo detalhes de seu falecimento.

Pela versão oficial, a princesa morreu no dia 31 de agosto de 1997 em um acidente de carro em Paris. Para a polícia, o motorista de Diana, Henri Paul, estava dirigindo embriagado no momento do acidente.

Contudo, segundo investigação jornalística publicada pelo tabloide Daily Star, as autoridades francesas concluíram em 2007 um dossiê de 6.000 páginas contendo relatos de cerca de 200 testemunhas, fotos nunca antes vistas do acidente e das vítimas fatais, assim como entrevistas com todas as pessoas envolvidas no caso.

No entanto, o arquivo tem sido mantido em absoluto segredo na Corte de Recursos de Paris.

Arquivo secreto?

De acordo com o tabloide, o governo francês só admitiu a existência do dossiê após requerimento da mídia, tendo em seguido lacrado seu acesso até 2082, ou seja, 75 anos após sua conclusão em 2007.

O embasamento jurídico usado pelas autoridades francesas é o artigo L. 213-2 de seu Código do Patrimônio, que regula a confidencialidade das investigações no país.

O arquivo, feito por 30 policiais franceses, poderá não ser liberado ao público mesmo após 2082.

Dossiê ‘sumido’

Ainda em 2007, o advogado Jean-Louis Pelletier pediu às autoridades francesas acesso ao material. Ele recebeu como resposta que o dossiê havia sumido naquele ano.

“Eu sei que de tempos em tempos os arquivos somem, mas tendo em conta o tamanho e a importância deste em particular, é extraordinário”, afirmou Pelletier ainda em 2007, segundo a mídia.

Tendo tais fatos em mente, alguns conspiracionistas acreditam que tais circunstâncias “provariam” que a morte de Diana foi muito além de um simples acidente de carro. (Sputnik Brasil)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos