Resultado de imagem para Bing Crosby e o cachimbo
 ARTIGO

Salvemos a Vida!

Gilson Nogueira

Bing Crosby, com  um cachimbo na mão esquerda e chapéu na cabeça, olha de esgueira com um quase sorriso, para o lado do teclado onde escrevo. Ele está em uma das capas do DVD com Frank Sinatra que ganhei de presente, de uma senhora americana fã do jeito de ser brasileiro, em uma de minhas viagens ao país mais poderoso do mundo. Enquanto tento decifrar o que ele, o velho Bing, pensa, viro o DVD Legends In Concert e fixo os olhos nos olhos azuis do eterno Frank. Por um segundo, pergunto-me qual a intenção em registrar os dois artistas, ao iniciar este texto? Wheels Up, a frase que os astronautas da Apollo 11 saudaram a partida para ficar registrada como o maior feito do ser humano em sua história.
Do dia 20 de julho de 1969, até hoje, a marca dos americanos serve de referência para sintetizar o colossal poder da ciência atrelada ao destemor  dos filhos de Deus na Terra. Naquele dia, a Lua não foi mais a mesma e o mundo ufanou-se, como nunca, pronunciando algo, assim, como os baianos fizeram; ” Nós somos foda!”
E aí, meu rei, qual é a sua? A minha é dizer que a Terra, assim como aconteceu com a primeira viagem do homem à lua e seu desembarque triunfal, vive, exatamente agora, um segumdo evento que ficará registrado, para sempre, nos anais da Eternidade! O Coronavírus chegou para nos mostrar a estreita relação entre o bem e o mal  trafegando paralelamente no dia a dia da  Humanidade. O triunfo, até hoje festejado, da ciência, e a estupefação global sobre o poder assassino de um vírus que nos faz sentir, em bloco, que o homem, diante da fatalidade, não é nada, são passageiros da mesma nave, aquela, chamada Paradoxo.  O Covid-19 é um assassino embarcado nela. Letal, para todos os habitantes do planeta, faz-nos redobrar os cuidados com a vida, no dia-a-dia de cada um.
Enquanto lavo as mãos, com álcool, ocorre-me a lembrança de ter visto, como nunca, a noite soteropolitana cintilando como as estrelas cintilam.. As pessoas em suas casas, as ruas vazias e o medo fazendo-nos redobrar nossa esperança na capacidade da medicina em sair vitoriosa na luta contra este infeliz. Vencemos! Haveremos de gritar, bem alto, para nos aproximarmos mais um do outro e salvar a Vida! 
Gilson Nogueira é jornalista, colaborador da primeira hora do Bahia em Pauta

Be Sociable, Share!

Comentários

Vanderlei on 20 Março, 2020 at 23:37 #

Direto do WhatsApp, sem autoria: “O planeta ficou doente porque está com a HUMANIDADE BAIXA”


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos