jan
31

Do Jornal do Brasil

 

A pressão dos democratas para forçar os republicanos a aceitarem testemunhas no julgamento do impeachment do presidente norte-americano, Donald Trump, no Senado parecia estar se enfraquecendo nesta quarta-feira, levantando a possibilidade de o presidente poder ser absolvido já na sexta-feira.

Macaque in the trees
Presidente dos EUA, Donald Trump (Foto: REUTERS/Leah Millis)

Enquanto os senadores passaram o dia fazendo perguntas tanto à equipe de defesa de Trump quanto aos procuradores democratas do julgamento, a Casa Branca contestou a planejada publicação de um livro do ex-assessor de Segurança Nacional John Bolton, que supostamente coloca Trump em um papel central na campanha de pressão contra a Ucrânia para que o governo daquele país investigasse o rival democrata Joe Biden.

O senador John Barrasso, terceiro na hierarquia republicana, disse que é possível que o julgamento termine já na sexta-feira, sem que os democratas consigam o objetivo de ouvir os depoimentos de testemunhas no julgamento.

“O quadro está claramente na direção de se chegar ao final do julgamento na sexta-feira. A votação será na sexta-feira. Ainda temos alguns membros que disseram que querem ouvir às respostas das perguntas, mas esse é o retrato do momento”, disse Barrasso.

Perguntado sobre quando na sexta-feira a votação poderia ocorrer para uma decisão sobre testemunhas e se avançar para a absolvição ou condenação de Trump, Barrasso disse que isso seria na tarde ou no final da sexta-feira. (Reuters)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos