Resultado de imagem para Papa Francisco e o celular

ARTIGO

PENSE

Gilson Nogueira

 

O Papa Francisco acaba de recomendar aos fiéis deixarem os celulares durante as refeições. No lugar deles, sugeriu o homem, o velho papo nosso de cada dia, a conversa cara a cara, alimentando as boas relações, no ritmo da fraternidade à mesa. Por acaso, leio a notícia em um aparelho que me conecta com o mundo. Tomei-o, há pouco, emprestado, de minha mulher, dizendo-lhe que logo devolveria. Iria conferir a autoria de um samba cantado por Emílio Santiago.

E na cola da oportuna sugestão do Chefe da Igreja Católica resolvi deixar cair na tela do celular da minha patroa um pensamento refrescado pela brisa carioca. O bicho que transformou para melhor a comunicação entre os que estão longe separou os que estão próximos. Um detalhe, apenas, no rol das coisas boas e ruins que povoam o livre pensar, hoje.

Nesse campo, creio, o diabo joga solto e futuca as mentes doentias, trazendo, com isso, o desmoronamento do edifício onde residem os valores maiores do homem em sociedade. Há, indubitavelmente, o caos instalado no mundo da comunicação entre os humanos. O culpado? Ele, o celular, que pode ser utilizado por um criminoso.

Para evitar que acabemos voltando ao canibalismo resta uma alternativa. Abandonemos o uso do celular por, pelo menos, um dia na semana. Quem sabe, assim procedendo, tenhamos a paz fazendo parte de nossas vidas, como era antes dessa merda fazer com que os dedos pensem no lugar da cabeça!

Gilson Nogueira é jornalista, colaborador da primeira hora do Bahia em Pauta

“Stardust”, Nat King Cole e Wyllie Nelson: Extraordinária e cinematográfica canção, de autoria de Hoagy Carmichael, standard imortal da música norte-americana, aqui nas vozes de dois inimitáveis intérpretetes: Cole e Nelson.Nada a acrescentar, a não ser os votos de boas festas e um feliz 2020 para todos os ouvintes e leitores do BP.

BOM DIA

(Vitor Hugo Soares)

 

 Em entrevista à Deutsche Welle, Ciro Gomes repetiu seu palpite de que Jair Bolsonaro não termina o governo.

“Eu tenho repetido um palpite meu de que ele não termina o governo. Em socorro desse palpite, tenho dois argumentos. Na nossa história moderna, só três presidentes terminaram o mandato: Fernando Henrique, Lula e Juscelino Kubitschek. Os três passaram por mal bocados e tentativas de golpe só para manter a regra, mas conseguiram escapar. Todos os outros tiveram seus mandatos interrompidos. A segunda razão é o desastre que é o Bolsonaro, pessoalmente, sem o mínimo preparo para arbitrar as gravíssimas contradições do ato de governar em si, sobretudo no Brasil, no epicentro da pior crise econômica da nossa história.”

dez
31

Do  Jornal do Brasil

As famílias devem retomar a comunicação dentro do lar, recolhendo o celular durante as refeições, disse hoje (29), no Vaticano, o Papa Francisco. Ele fez o pedido durante a última oração do Angelus de 2019.

Macaque in the trees
Papa Francisco (Foto: Vincenzo Pinto / AFP)

O pontífice convocou os fiéis a melhorar a comunicação dentro de casa. Ele sugeriu que a família moderna siga o exemplo dos personagens bíblicos Jesus, Maria e José, que se ajudavam mutuamente.

“Você, em tua família, sabe se comunicar, ou é como aqueles jovens na mesa, cada um com o telefone celular, [que] estão [trocando mensagens] em chats? Naquela mesa parece um silêncio, como se estivessem na missa, mas não se comunicam. Devemos retomar a comunicação em família: os pais, os pais com os filhos, com os avós, mas comunicar-se, com os irmãos, entre eles. Essa é uma tarefa a ser feita hoje, precisamente no dia da Sagrada Família”, conclamou.

No primeiro domingo após o Natal, a Igreja Católica celebra a festa da Sagrada Família. Ao discursar na sacada da Basílica de São Pedro, o papa pediu que os cristãos sigam o modelo da família de Jesus.

“Que a Sagrada Família possa ser modelo para nossas famílias, para que pais e filhos se apoiem mutuamente na adesão ao Evangelho, fundamento da santidade da família”, acrescentou.

Em 2017, o papa havia criticado o uso de celulares durante a missa. Na ocasião, ele disse sentir-se triste quando fiéis e até bispos levantam o aparelho para fotografarem durante as celebrações religiosas.

dez
31
Posted on 31-12-2019
Filed Under (Artigos) by vitor on 31-12-2019

Do  Jornal do Brasil

O acidente de esqui com o heptacampeão da Fórmula 1, o alemão Michael Schumacher, completou seis anos neste domingo (29), e o estado de saúde do ex-piloto ainda é mantido em segredo. No dia 29 de dezembro de 2013, Schumacher se desequilibrou quando esquiava em uma pista de esqui em Méribel, no sul da França, e bateu a cabeça em uma rocha. O impacto gerou graves lesões cerebrais. Apesar disso, o maior campeão de F1 não deixou de lutar por sua vida.

Macaque in the trees
Michael Schumacher (Foto: AFP)

A família, por sua vez, tenta manter seu estado de saúde em silêncio absoluto. Recentemente, no entanto, em uma das raras declarações públicas, sua esposa Corinna Betsch deu a entender que o alemão segue reagindo lentamente. Schumacher, que completará 51 anos no próximo dia 3 de janeiro, nunca mais foi visto em público. Após o acidente, ele ficou cerca de seis meses em coma no hospital de Grenoble. Depois, foi transferido para um hospital suíço em Lausanne e, em seguida, para sua mansão em Gland, na Suíça.

Desde então, sua família optou por continuar a longa e delicada reabilitação em casa com uma equipe de médicos, enfermeiros e terapeutas. Todos cientes de que as condições de saúde devem ser mantidas em sigilo absoluto.(Ansa)

dez
31
Posted on 31-12-2019
Filed Under (Artigos) by vitor on 31-12-2019


 

Miguel, NO

 

Svante Thumberg admite em entrevista à BBC que se preocupa com o ódio dirigido à adolescente, embora ela esteja “muito feliz”

 DO EL PAÍSEl País

Greta Thunberg com seu pai, Svante Thunberg, no final de agosto em sua chegada a Nova York.
Greta Thunberg com seu pai, Svante Thunberg, no final de agosto em sua chegada a Nova York.Spencer Platt (Getty Images)

Svante Thunberg, pai de Greta Thunberg, considera “uma má idéia” para sua filha “estar na linha de frente” da luta contra as mudanças climáticas. Em uma entrevista à BBC, ele acrescenta que não queria que a agora ativista perdesse o horário das aulas para entrar em uma greve climática global. No entanto, ele reconhece que sua filha de 16 anos está “muito mais feliz” desde que adotou essa causa e milhões de pessoas foram inspiradas por ela, embora ele esteja preocupado com o “ódio” que desperta nos outros.

O pai de Greta admite na entrevista que a família mudou seu modo de vida para “salvar” sua filha, porque ela não queria comer ou ir à escola, e não por causa da crise climática. A adolescente sueca tornou-se o símbolo da luta global contra as mudanças climáticas e levou sua campanha por vários países ao redor do mundo, aos quais nunca viaja de avião, por causa de suas emissões poluentes. Svante Thunberg reconhece que sua filha teve problemas de depressão por “três ou quatro anos” antes de iniciar sua greve na escola.

“Ele parou de falar, parou de ir à escola”, admitiu Svante Thunberg à BBC Radio 4, acrescentando que a situação de sua filha se tornou o pior “pesadelo para um pai” quando ela não queria comer. Para ajudá-la, acrescentou, começou a passar mais tempo com ela e sua irmã mais nova, Beata, em sua casa na Suécia, enquanto sua mãe, a cantora de ópera Malena Ernman, cancelou contratos que tinha para ficar com a família.

Foi então que Greta, diagnosticada há quatro anos com síndrome de Asperger, um distúrbio do espectro do autismo, começou a se expressar cada vez mais apaixonada pela necessidade de enfrentar a crise climática, explicou o pai, que admitiu que a família começou a mudar e levar o problema ambiental mais a sério, como no caso da decisão da mãe de não viajar de avião.

“Fiz todas essas coisas, sabia que eram as coisas a fazer, mas não fiz para matar o tempo, fiz para salvar minha filha. Tenho duas filhas e, para ser sincero, são tudo o que importa para mim. Eu só quero que elas sejam felizes “, admitiu. “As pessoas pensam que ela é especial, e ela é muito famosa e todas essas coisas. Mas para mim ela é uma garota normal”, que, segundo ele, atualmente está feliz e faz o que qualquer outro adolescente faz: “dança, ri muito, se diverte”.

Svante Thunberg estava preocupado com “as notícias falsas, com todas as coisas que as pessoas tentam inventar sobre isso, o ódio que isso gera”. Mas ele acrescentou que sua filha lida com os críticos “incrivelmente bem”. “Francamente, não sei como ela faz isso, mas ri a maior parte do tempo. Ela acha hilário”, disse.

O pai da jovem ativista espera que a situação se torne “menos intensa” para sua família no futuro e acha que a adolescente “realmente quer voltar para a aula”. Ele também explicou que, quando completar 17 anos, não precisará mais acompanhá-la em suas viagens. “Se você precisar de mim, vou tentar”, diz. “Mas acho que ela vai, cada vez mais, fazer sozinha, o que é ótimo

  • Arquivos

  • dezembro 2019
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031