Arquivado em ( Artigos) por vitor em 25-12-2019 19:41

DO JORNAL DO BRASIL

MARCIO GOMES,

Nem bem digerida a rabanada, e lá vem a torta de climão.

O presidente Bolsonaro sancionou ontem (24) o tão propagado e defendido “pacote anticrime” do ministro Sérgio Moro. No entanto, não foi bem da forma como gostariam o ex-juiz federal e tantos dos milhares do rebanho bolsonarista que milita nas redes sociais.

Isto porque no meio da sanção estava nada mais, nada menos que a emenda que trata do “juiz de garantias”, o que contraria doutor Moro, o “Russo” para os íntimos da Lava Jato, e é de autoria de ninguém menos que o deputado Marcelo Freixo, do PSOL. Até as pedras do Arpoador sabem do “gabinete do ódio” que cada bolsonarista traz no peito contra o partido do Freixo. 

E o que é afinal o tal do “juiz de garantias”?

Trata-se da figura de um magistrado que vai instruir os processos, mas não julga-los – e quem acompanhou de perto a celeuma Telegram / The Intercept Brasil / Vaza Jato consegue compreender a insatisfação do Sergio Moro com essa nova personagem da Justiça proposta por Freixo, pois o Moro juiz não só instruía , como tomava partido (da acusação) e julgava com a faca entre os dentes – pelo menos o processo do Lula foi assim, o do triplex. Até testemunha de acusação ele e o Dallagnol tentaram fabricar, de acordo com as mensagens reveladas pelo Intercept.

Bolsonaro sancionou o pacote com 25 vetos. E a turma da camisa amarela da CBF estava crente que o presidente vetaria o juiz de garantias para agradar Sérgio Moro. Não foi o que aconteceu. “O juiz das garantias é responsável pelo controle da legalidade da investigação criminal e pela salvaguarda dos direitos individuais cuja franquia tenha sido reservada à autorização prévia do Poder Judiciário”, diz o texto sancionado.

Resumo da ópera: Freixo ganhou os trending topics do Twitter, bem como a hashtag #BolsonaroTraidor, e os bolsonaristas, “esquerdopatas” e “coxinhas” andam protagonizando cenas “interessantes” na internet. Vejamos:

Be Sociable, Share!

Comentários

Vanderlei on 26 dezembro, 2019 at 22:29 #

Parece que os corruptos e poderosos venceram com o “jabuti” colocado no Pacote Anticrime. Mas, pode ser uma Vitória de Pirro. E com que dinheiro e item do orçamento poderá ser implantado o Juiz de Garantias. Vamos aguardar como congresso encontrará verba para tantos juízes novos, nas mais de 5000 comarcas. Do jeito que está o pacote anticrime, em termos de justiça o Brasil ao invés de agilizar os processos criou mais um instância. Ou seja, deu um passo à frente e três pra trás. O nosso já ultrapassado e mais que caríssimo judiciário a vingar o “Juiz de garantias” ficará mais velho e obsoleto. Aqui não é Estados Unidos, Espanha ou Alemanha, onde dizem que existem este tipo de juiz. Nosso somos o país da máxima “Burocracia”.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2019
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031