Resultado de imagem para consuelo Pondé de Sena historiadora e musa da UFBA

Os Revolucionários

Gilson Nogueira

 

O título da matéria é dado depois que você chega ao final do que escreveu. Disse isso a uma das minhas filhas, a mais velha, que brilha na área de comunicação social do Rio de Janeiro, berço de notáveis jornalistas, ontem e hoje, que dignificaram e dignificam a profissão. Lembro o fato do titulo,em homenagem à Turma de 1971 da Universidade Federal da Bahia, a Ufba velha de guerra, considerada a mais irreverente que aquela instituição, orgulho da nação, já teve. O diploma,com o brasão da República Federativa do Brasil, assinado pelo então Reitor Augusto Mascarenhas, foi entregue aos bacharéis, em solenidade simples e profundamente marcante, em festa de sol de uma manhå de sábado, no Vale do Canela, na sala de aula onde, pela manhã, estudavam as biblioteconomistas e, à tarde, os revolucionários do jornalismo moderno no Nordeste. Naquele 11 de Dezembro, que entrou para a História da Inteligência Baiana, sobrou emoção. Amigos e familiares dos alunos que inauguraram o curso em quatro anos misturavam-se em sorrimos e lágrimas, enquanto a brisa cantava. Lá fora, o mundo! Ganhamos Ele! E, hoje, fitando a foto, na qual fazíamos o Juramento à Bandeira, em Preto e Branco,
Invade-me a alma o desejo de voltar lá,em uma manhã qualquer, para ver se encontro, flutuando no ar, o beijo na Nossa Musa de Toda a Vida, Ela, a Mestra Maior Consuelo Pondé de Sena. Queremos beijá-la, de novo, professora!

Gilson Nogueira, jornalista, é colaborador da primeira hora do Bahia em Pauta.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2019
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031