Confraternização: Jornalistas da turma
de 1971, UFBA1971:Carlos Santana,
Tasso Franco, Egnaldo Araújo e Gilson
Nogueira (o cronista de camisa listrada).Foto: BJÁ

Diploma de Jornalista

Gilson Nogueira

 

Tudo começou em  1968, ano em que passamos no Vestibular da Universidade Federal da Bahia, a Ufba velha de guerra. Até hoje, em toda a turma que inaugurou o curso em quatro anos, há uma pauta a ser cumprida, aquela de comemorar os 50 Anos de Formatura. Daqui a dois anos, certamente, vai rolar a festa! Não há local definido, nenhum programa montado. Sinto, no ar, simplesmente, que, em 11 de Dezembro de 2021, no Vale do Canela, onde ficava a Escola, alguém vai pegar uma folha de caderno, colocá-la sobre a carteira de madeira, tentar imitar uma bateria, enquanto as vozes de parte da turma, em uníssono, encherão o ar com um samba de Jorge Ben ou de Simonal, para festejar a vida!

Sim, até hoje, unidos, cada vez que nos encontramos, rolamos grandes papos, grandes histórias de cada um e de todos, como se estivéssemos, em sala do Jornal Laboratório,aprendendo a fazer. Fizemos e fazemos, até os dias que correm, a grande matéria de nossas vidas. Todas, não importa quantas laudas! Seguimos, entre alegrias e tristezas, escrevendo, seja o que for, a melhor reportagem, obedecendo a regra da Pirâmide Invertida!

O mundo mudou! É fato! Já ouvia esta frase, desde o ginásio. O que importa, agora, é manter o pique, na mente, como sempre foi, para brindar professores e colegas, todos, na certeza de que tudo o que aprendemos, juntos, tem um só objetivo, construir.

Gilson Nogueira é jornalista, colaborador da primeira hora do Bahia em Pauta.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2019
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930