Resultado de imagem para Gilmar Mendes y El País entrevista exclusiva
Gilmar no El País: Jogando areia sobre a Lava Jato…
Resultado de imagem para Dallagnol com Moro na Lava Jato
…Deltan Dallagnol e Sergio Moro.
ARTIGO DA SEMANA

Entrevista ao El País: tempestade de poeira do ministro Gilmar

 Vitor Hugo Soares

Se a questão é levantar polêmica, pode-se dizer desde já: Não fosse o furacão detonado pela esburacada reportagem do Jornal Nacional – produzida na portaria do condomínio onde o presidente Jair Bolsonaro tem casa no Rio de Janeiro –, a entrevista do ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, publicada dia 29, no El País, seria a tempestade perfeita da semana, com vários momentos de arrepiar. Mal (ou bem?) comparando, em alguns trechos dos ataques à Lava Jato e aos seus principais condutores – a começar pelos procuradores federais da força-tarefa da maior operação de combate a corrupção no país, e o ex-juiz Sérgio Moro – parece aquela “chuva que lança areia do Saara sobre os automóveis de Roma”, de que fala “Reconvexo”,  a  composição de Caetano Veloso.

Poder-se-ia lembrar também da metáfora da metralhadora giratória. Instalada pelo entrevistado em seu gabinete no STF, onde recebeu duas repórteres do jornal – Carla Jimenez e Regiane Oliveira – e fez disparos para quase todos os lados. A começar pela resposta sobre a Lava Jato, provocativa e cheia de veneno letal, que está no título da entrevista, como apelo jornalístico principal: “Deu-se poder para gente muito chinfrim, mequetrefe, do ponto vista moral e intelectual”. Desnecessário jogar búzios em algum respeitável terreiro, ou consultar um mestre em adivinhações, com sua bola de cristal, para saber que haverá troco. Em igual ou maior intensidade. É só esperar.

Mas isso é apenas aperitivo. Afinal, como relata o texto de apresentação da exclusiva do ministro, foi conversa de uma hora e quarenta minutos com o El País – filmada por uma equipe da documentarista Maria Augusta Ramos –, na qual o Gilmar Mendes “distribuiu ironias, defendeu a força da Corte, disse que a prisão de Lula deu-se num ambiente de total destruição do ambiente político, e garantiu que em novembro será julgado o caso de suspeição do ex-juiz Sérgio Moro”.

Aqui falamos de jornalismo. E o fato, sua excelência o Fato, na expressão de Charles de Gaulle, que Ulysses Guimarães tanto gostava de repetir, é que esta não é – pelo peso do veículo e da fonte – uma entrevista qualquer, a ser lida apressadamente e descartada  na lata de lixo mais próxima. Requer leitura e releitura com lupa, análise cuidadosa de cada pergunta e cada resposta, além, evidentemente, de saber-se a reação de tantos atacados, ironizados ou feridos pelas balas verbais do ministro na conversa.

Em seu referencial Dicionário do Jornalismo – Século XX, Juarez Bahia assinala: “a cultura de massa especializa e personaliza a entrevista, e esta encontra nos veículos de comunicação um ambiente de expansão e representação, orientando-se em diferentes direções, mas a partir de super individualidades – personalidade da política, dos negócios, da economia, das artes, dos esportes, etc. – que desfilam entre os acontecimentos com tudo para dizer, ou com nada para dizer”. Perfeito! Neste caso do ministro do STF  cumpriu-se o sentido jornalístico principal de gerar fato relevante e levantar polêmica,  de conteúdos diversos. Que venha agora o contraditório, a reação dos alcançados pela tempestade de areia causada pelo ministro Gilmar. Não custa esperar, e conferir. Se o furacão da reportagem do JN e a indignada reação do  presidente da República permitir.

Vitor Hugo Soares é jornalista, editor do site blog Bahia em Pauta. E-mail: vitors.h@uol.com.br         

Be Sociable, Share!

Comentários

Vanderlei on 3 novembro, 2019 at 17:21 #

Todos os dias me pergunto. Por que os ministros e destacamente o Gilmar Mendes não sai da mídia. Aliás, eles deveriam estar muito e muito longe das mídias. Todos os dias temos de ler, ouvir e ver este brasileiro, que deveria ir para sempre para Portugal deixar o Brasil em paz. Fora Gilmar Mendes! Parece que jogaram uma praga no Brasil. Deus nos livre!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2019
    S T Q Q S S D
    « out    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930