out
08

Por G1 BA

Campus da UFBA em Ondina, na capital baiana — Foto: Reprodução/ TV Bahia Campus da UFBA em Ondina, na capital baiana — Foto: Reprodução/ TV Bahia

Campus da UFBA em Ondina, na capital baiana — Foto: Reprodução/ TV Bahia

Doze dos treze cursos de graduação da Universidade Federal da Bahia (Ufba) avaliados no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2018 tiveram conceito 4 ou 5, a notas máximas do exame. Um dos cursos no entanto, teve conceito 3.

Na edição de 2018, só 3,3% dos cursos de faculdades privadas conseguiram atingir o conceito máximo. Segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), de 7.276 cursos de instituições particulares, só 240 ficaram com o conceito 5. Já entre as instituições públicas, essa taxa sobe para 20,3%.

O Enade é o exame aplicado pelo governo federal aos estudantes “concluintes”, ou seja, que estão no último ano da graduação. Cada curso é avaliado a cada três anos. No Enade 2018, fizeram as provas mais de 460 mil estudantes de 8.821 cursos de 1.791 instituições – fazer a prova e preencher o questionário socioeconômico é condição para os estudantes se formarem.

Segundo a Ufba, no ano passado, 1.212 estudantes da instituição foram convocados para o Enade, e 873 (72%) compareceram.

Conforme a Universidade Federal da Bahia, dos 13 cursos da instituição que foram avaliados, seis (46%) tiveram o conceito máximo, dado aos que obtêm nota média entre 3,95 e 5. São eles: ciências contábeis (4,74), administração (4,38), psicologia (4,37), serviço social (4,20), comunicação social com habilitação em jornalismo (4,11) e ciências contábeis – noturno (4,08).

Outros 6 cursos tiveram a conceito 4, atribuído aos que têm médias entre 2,95 e 3,94: psicologia no campus Vitória da Conquista (3,93), direito (3,88), direito – noturno (3,78), design (3,67), secretariado executivo (3,60) e tecnologia em gestão pública (3,06). O curso de ciências econômicas obteve média 2,83, ficando com conceito 3.

Entenda o Enade 2018

  • O Enade é o exame aplicado pelo governo federal aos estudantes “concluintes”, ou seja, que estão no último ano da graduação. Cada curso é avaliado a cada três anos;
  • No Enade 2018, fizeram as provas mais de 460 mil estudantes de 8.821 cursos de 1.791 instituições – fazer a prova e preencher o questionário socioeconômico é condição para os estudantes se formarem;
  • O exame tem 40 questões no total, sendo que 25% são sobre a formação geral e 75% sobre o componente específico de cada formação. A nota final do participante varia de 0 a 100;
  • Os cursos avaliados foram os de bacharelado das áreas de ciências sociais aplicadas, ciências humanas e áreas afins, e os de tecnologia de gestão e negócio, apoio escolar, hospitalidade e lazer, produção cultural e design;
  • Do total de 463.242 participantes do Enade 2018, 127.385 eram estudantes de direito e 99.616 estudavam administração;
  • O Conceito Enade é um dos indicadores de qualidade da educação superior, e é calculado para cada curso a partir da média ponderada da nota de cada concluinte, considerando peso maior para a prova de conhecimento específico.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos