set
29
Postado em 29-09-2019
Arquivado em (Artigos) por vitor em 29-09-2019 00:12

Em sua entrevista à Folha, Augusto Aras foi questionado sobre o que ele acha do inquérito aberto pelo STF para apurar supostas ofensas à Corte. Ele respondeu:

“A doutrina registra que não há nulidade de inquéritos, desde que a autoridade que promove o inquérito tenha competência para produzi-lo e haja, minimamente, indícios da existência de delito. O inquérito poderia ser aberto pelo próprio STF, pela autoridade policial, pelo Ministério Público. O que é relevante firmar é o destinatário das conclusões do inquérito, e ele só pode ser um: o Ministério Público.”

Ao ser questionado se defende o arquivamento do inquérito, o novo PGR disse:

“Em hipótese alguma. Não posso ignorar o dever de apreciar os fatos, buscando a verdade real, para efeito de, sendo o caso, adotar as medidas cabíveis.”

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2019
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30