Resultado de imagem para Tabaré Vazquez descobre cancer no pulmão
DO JORNAL DO BRASIL

Mandato de Tabaré Vázquez vai até o dia 1º de marco de 2020

  O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, afirmou que governará “até o último minuto” de seu mandato apesar de ter sido diagnosticado com câncer pulmonar há poucos dias, já que é “sua obrigação” com o povo uruguaio, segundo relato na última quinta-feira (29).

“Não nos elegem presidente para governar por quatro anos, seis meses e cinco dias, nos elegem para cinco anos, e penso em cumprir com meu mandato”, ressaltou Vázquez em uma entrevista, na qual sustentou que deixará o governo em 1 de março de 2020, quando deverá entregar a faixa presidencial ao sucessor.

Neste sentido, o líder indicou que não deixará de fazer coisas pelo seu país e falou sobre o projeto de lei enviado do Poder Executivo ao Parlamento dias atrás para criar o Ministério de Cultura que, segundo ele, “não significa nenhuma despesa maior para o Estado”.

“Me disseram, por que manda esse projeto de lei agora que está chegando as eleições? Minha resposta é porque estou no período de governo, porque o país e a Constituição da República exige que sejam 5 anos de governo”, reiterou.

Vázquez, de 79 anos e oncologista de profissão, anunciou em 20 de agosto em entrevista coletiva, acompanhado da vice-presidente, Lucía Topolansky, e de boa parte de seu gabinete, que tinha sido diagnosticado com um nódulo pulmonar durante exames de rotina. Nesse mesmo dia, o líder afirmou que todos os estudos e tratamentos que necessários seriam feitos no Uruguai, porque o país conta com “um corpo médico de excelência” e tecnologia de vanguarda.

O presidente foi internado durante dois dias, nos quais passou por uma biópsia, que confirmou a presença de um tumor maligno no pulmão. Segundo informou a Presidência, nesta quarta-feira o líder se submeteu a um tratamento de radiocirurgia para tratar da doença que, segundo os médicos, não lhe impedirão de seguir com seus compromissos à frente do país.

Com relação à doença, Vázquez afirmou na entrevista a importância de prevenir e fazer exames de rotina para uma detecção precoce. “Isso é tão importante como uma sala de cirurgia, como uma sala de operações com toda tecnologia, como todos os produtos médicos que possam haver para diagnósticos ou tratamentos para qualquer doença”, ressaltou.

Vázquez também se referiu à situação do país e disse que o Uruguai “está forte” e que os cidadãos devem “querê-lo um pouquinho mais”. “Crise? Peço que olhem ao redor do país. Que olhem para o Brasil, para a Argentina, que olhem para o mundo, e que vejam como está o Uruguai. Que observem a estabilidade econômica. Não entramos em recessão, temos apoio internacional. Temos grau investidor”, enfatizou o presidente.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos