jun
27
Postado em 27-06-2019
Arquivado em (Artigos) por vitor em 27-06-2019 00:02

Do Jornal do Brasil

 

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O presidente interino, Hamilton Mourão, caracterizou nesta quarta-feira (26) como uma “mula qualificada” o segundo sargento da Aeronáutica que fazia parte da comitiva do presidente Jair Bolsonaro e que foi detido com cocaína em Sevilha, na Espanha.

Segundo o general, o militar era taifeiro, ou seja, atuaria no serviço de copa da aeronave presidencial quando Bolsonaro fizesse uma escala na Espanha ao retornar do Japão ao Brasil, após participar da cúpula do G-20. O avião de apoio que transportou o militar aguardaria a escala do presidente, programada para o final de semana.

Macaque in the trees
Sargento Manoel Silva Rodrigues foi preso na Espanha com 39 quilos de cocaína (Foto: Reprodução / redes sociais)

“É óbvio que, pela quantidade de droga que o cara tava levando, ele não comprou na esquina e levou, né? Ele estava trabalhando como mula. Uma mula qualificada, vamos colocar assim”, disse.

Macaque in the trees
Vice-presidente Mourão e presidente Jair Bolsonaro (Foto: Alan Santos/PR)

O presidente interino ressaltou que as Forças Armadas não estão imunes ao tráfico de drogas e que o militar preso receberá uma “punição bem pesada”. Segundo ele, não é a primeira vez um militar é detido carregando entorpecentes.

“As Forças Armadas não estão imunes a esse flagelo da droga. Isso não é a primeira vez que acontece, seja na Marinha, seja no Exército, seja na Força Aérea. Agora, a legislação vai cumprir o seu papel e esse elemento vai ser julgado por tráfico internacional de drogas e vai ter uma punição bem pesada”, disse.

Segundo Mourão, o problema de consumo de drogas entre jovens militares é uma “preocupação constante”, o que leva as Forças Armadas a fazer um trabalho de conscientização. 

“Agora, o mais importante é ver as conexões que ele [militar] poderia ter, porque uma atitude dessa natureza não brotou da cabeça dele. Com certeza existem conexões nisso aí”, ressaltou. 

O militar foi detido na terça-feira (25) em Sevilha carregando 39 kg de cocaína na mala. Procurada pela reportagem, a Presidência da República não respondeu o motivo de ter havido falha na segurança presidencial.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • junho 2019
    S T Q Q S S D
    « maio   jul »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930