abr
27
Postado em 27-04-2019
Arquivado em (Artigos) por vitor em 27-04-2019 00:26

Em entrevista a Severino Motta, do BuzzFeed, Rodrigo Maia disse acreditar que finalmente caiu a ficha de Jair Bolsonaro de que é preciso fazer política para conseguir votos no Congresso.

Para o presidente da Câmara, o governo ainda está longe dos 308 votos necessários para aprovar a reforma da Previdência, mas a articulação do Planalto melhorou –ele elogiou Onyx Lorenzoni, mas disse que o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo, “dá até dó”.

Maia reservou as críticas mais ácidas para os filhos de Bolsonaro. Para o deputado, Eduardo ascendeu do “baixíssimo clero” para comandar uma política externa que é “essa loucura aí”.

Carlos, por sua vez, pode ser “doido à vontade”, segundo o presidente da Câmara, mas age em uma estratégia definida por Bolsonaro nas redes sociais.

“Ninguém fica preocupado com Carlos, todo mundo tem convicção [de] que o Bolsonaro é que comanda isso. Alguém coloca aquilo do ‘golden shower’ que colocou no Carnaval sem o pai ver? O filho pode ser doido à vontade, mas num negócio daquela loucura só com autorização do dono da conta.”

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos