abr
02
Posted on 02-04-2019
Filed Under (Artigos) by vitor on 02-04-2019

Do   Jornal do Brasil

 

O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro (MPF) recorreu nesta segunda-feira (1) ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) para pedir que o ex-presidente Michel Temer, o ex-ministro Moreira Franco e outros seis investigados na Operação Descontaminação, um desdobramento da Lava Jato, sejam presos novamente.

Segundo a Procuradoria Regional da República da 2ª Região, foi alegado que “as solturas afetam a investigação de crimes, a instrução do processo, a aplicação da lei e a recuperação de valores desviados”. Temer, o ex-ministro, João Baptista Lima Filho (Coronel Lima), Maria Rita Fratezi, Carlos Alberto Costa, Carlos Alberto Costa Filho, Vanderlei de Natale, Carlos Alberto Montenegro Gallo são alvos da investigação que apura desvios na obra da usina nuclear de Angra 3. Todos os suspeitos foram denunciados por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro. No entanto, eles foram libertados na última segunda-feira (25). A decisão foi tomada pelo desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), em liminar.

“Os recursos foram protocolados hoje e serão julgados na 1ª Turma caso não sejam aceitos em decisão individual do desembargador relator dos habeas corpus”, diz o pedido.
De acordo com o TRF-2, caso o pedido não seja aceito por Athié, o julgamento na Turma poderia ocorrer no dia próximo dia 10. Na nova solicitação, os procuradores ressaltam que existe fundamentação concreta para a prisão e discordam dos pontos alegados pelo desembargador de que não há “contemporaneidade dos fatos”. Além disso, o MPF pede que o ex-presidente seja colocado em prisão em domiciliar, caso a Justiça não aceite com a nova detenção.

A prisão de Temer foi decretada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pela Lava Jato no Rio.

Ele acusou o ex-presidente de liderar uma organização criminosa há 40 anos. De acordo com o MPF, o grupo teria recebido mais de R$1,8 bilhão de propinas.

“Amor Oculto”, Elizeth Cardoso: raríssima gravação da Divina da música brasileira, que integra o LP “Fim de Noite”, com orquestra, editado em 1956 pela Copacabana. Composição de José Saleme e Lucas Vieira. Primorosa interpretação de Elizeth, “quando ainda era Elisete”, como assinala um registro no Youtube. 

======================================

AMOR OCULTO

Na expressão do teu olhar Mesmo querendo ocultar Posso sentir o teu amor E com que ansiedade Espero um dia quem sabe Sentir o teu calor Meu sofrimento é profundo Porque vivo no teu mundo Sem poder te declarar Que nasci pra te adorar A verdade, toda esta Nosso amor se manifesta Mas temos que ocultar Meu sofrimento é profundo Porque vivo no teu mundo Sem poder te declarar Que nasci pra te adorar A verdade, toda esta Nosso amor se manifesta Mas temos que ocultar

Composição: José Saleme / Lucas Vieira

abr
02
Posted on 02-04-2019
Filed Under (Artigos) by vitor on 02-04-2019

O ato é evitado durante décadas por outros chefes de Estado e condenado pela Autoridade Palestina

 Lourdes Baeza
Jerusalém

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, se tornou nesta segunda-feira no primeiro chefe de Estado a visitar o Muro das Lamentações de Jerusalém acompanhado do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu. Outros mandatários que o antecederam, como Donald Trump, preferiram ir sozinhos ao local mais sagrado do judaísmo. O líder brasileiro demonstrou mais uma vez o idílio político com o chefe de Governo israelense, a quem chamou de “irmão”, na mesma praça Kotel onde se situa a parede sagrada. Também foi à Basílica do Santo Sepulcro, como parte de sua viagem oficial a Israel.

Ambos os lugares se encontram no centro histórico, em Jerusalém Oriental, uma parte da cidade ocupada por Israel depois da guerra de 1967, onde os palestinos aspiram a ter a capital de seu futuro Estado. Um fato que durante décadas influenciou os líderes internacionais a não o incluírem em suas agendas oficiais, para evitar que o gesto fosse interpretado como um apoio expresso às aspirações israelenses de que o lugar seja reconhecido como parte do Estado judaico.

Numerosos mandatários, entre eles os ex-presidentes norte-americanos Barack Obama, Bill Clinton e George W. Bush, incluíram o Muro das Lamentações em seus itinerários, mas a título privado, ou enquanto eram candidatos. Nenhum o visitou estando no cargo, muito menos acompanhado do primeiro-ministro do país. Nem sequer Donald Trump, o primeiro presidente norte-americano a visitar o local como ocupante da presidência, o fez na companhia do seu amigo Netanyahu.

São regras não escritas que o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, rompeu ao visitar o lugar em 21 de março acompanhado do primeiro-ministro israelense, e que Bolsonaro torna a quebrar agora, um dia depois de anunciar a abertura de um escritório comercial brasileiro na Cidade Sagrada — com a consequente decisão de que a embaixada do Brasil, por enquanto, fica em Tel Aviv.

Entre as cooperações acertadas durante a viagem, foi acordada, segundo o ministro da Segurança Pública e de Assuntos Estratégicos de Israel, Gilad Erdan, uma de nível policial. “Temos um grande potencial para lidar com o Brasil no campo do combate de crimes e das organizações criminosas”, publicou em seu perfil no Twitter. Segundo o ministro israelense, está previsto intercâmbio de treinamento entre as polícias de Brasil e Israel. Ele destacou, ao compartilhar a mesma foto em que Bolsonaro aparece fazendo mira, que o presidente brasileiro acertou no alvo os sete tiros “de longo alcance” que deu.

A Autoridade Nacional Palestina, que convidou Bolsonaro a visitar os territórios ocupados, mas não obteve resposta, condenou o gesto do ultradireitista brasileiro. “Tanto a abertura do escritório econômico como a visita ao Muro, no marco da agenda oficial em Israel, constituem uma violação da legalidade internacional sobre Jerusalém. O dirigente de um país tão importante deveria construir suas relações sem ferir os palestinos nem os interesses de seus países árabes”, afirma a este jornal Nabil Shaat, assessor de política externa do presidente palestino, Mahmud Abbas. “O Brasil quer participar do grupo liderado por Trump para destruir o processo de paz?”, pergunta-se o ex-negociador palestino.

Não são as únicas críticas que Bolsonaro colheu em Jerusalém. Apesar das impressionantes medidas de segurança que cercam o presidente durante sua visita, ativistas da organização Greenpeace conseguiram escalar a muralha da Cidade Velha de Jerusalém nas imediações da Porta de Jaffa, onde penduraram um enorme cartaz amarelo com os dizeres: “Bolsonaro, pare a destruição da Amazônia”.

Depois de uma curta cerimônia, oficiada pelo rabino Shmuel Rabinowitch, Bolsonaro e Netanyahu colocaram suas mãos nas pedras milenares do Muro — entre as quais o brasileiro também quis deixar um papel, como manda a tradição — e se dirigiram para os vizinhos túneis que transcorrem em paralelamente à estrutura, sob a cidade. Trata-se de um local aberto aos turistas, pelo qual também se entra na sinagoga conhecida como a Cova, e onde se encontra outro lugar de culto hebraico, a Sharey Tshuva (Porta da Penitência), uma minúscula sala, localizada a 90 metros em linha reta da Cúpula da Rocha (ou Cúpula Dourada), que para os judeus representa o lugar de oração mais próximo de onde estava localizado seu Templo na época romana.

abr
02
Posted on 02-04-2019
Filed Under (Artigos) by vitor on 02-04-2019

 

DO BLOG O ANTAGONISTA
Por Claudio Dantas

O pacote anticrime de Sergio Moro é conhecido por 72% dos brasileiros, segundo pesquisa do Instituto DataSenado. Dos que conhecem, 82% (65% muitos benefícios + 17% poucos benefícios) acreditam no saldo positivo da proposta.

Realizada entre 6 e 25 de março, a pesquisa ouviu 1.161 pessoas em todo o país e foi encomendada pelo senador Styvenson Valentim ( PODE/RN).

Os números favoráveis justificam a decisão do Senado de fazer o tema avançar, diante da resistência da Câmara.

Confira a ÍNTEGRA aqui.

PACOTE DE MORO PARA ASFIXIAR O CRIME ORGANIZADO VOLTOU A ANDAR. ACOMPANHE. CONFIRA
 

Do Jornal do Brasil

 

Ele escreveu na legenda da foto texto favorável ao decreto assinado em janeiro que flexibiliza o posse de armas de fogo no Brasil

  

O presidente Jair Bolsonaro publicou nesta segunda-feira (1º), uma foto em rede social segurando uma submetralhadora. Marcando sua localização em Jerusalém, Israel, onde desembarcou neste domingo, 31, para viagem oficial, Bolsonaro escreveu na legenda da foto texto favorável ao decreto assinado em janeiro que flexibiliza o posse de armas de fogo no Brasil.

“O que torna uma arma nociva depende 100% das intenções de quem a possui. Defendo a liberdade, com critérios, para cidadãos que querem se proteger e proteger suas famílias”, escreveu o presidente.

Rebatendo críticas de especialistas a respeito da fraca fiscalização possibilitada com o novo decreto, além da opinião pública que aponta aumento do índice de violência com a legalização da posse, Bolsonaro conclui o texto afirmando que “Leis de desarmamento só funcionam contra aqueles que respeitam as leis; quem quer cometer crimes já não se preocupa com isso”.

abr
02
Posted on 02-04-2019
Filed Under (Artigos) by vitor on 02-04-2019



 

Sid , NO PORTAL DE HUMOR

 

Não existe dieta milagrosa contra o envelhecimento.

Mas evitar certas comidas faz que a marca do tempo na pele seja menos profunda

Sarah Palanques Tost

Prevenir ou retardar o envelhecimento da pele é algo que desperta muito interesse e move montanhas de dinheiro: as previsões sugerem que o mercado de cosméticos e de cuidados da pele será avaliado em 863 bilhões de dólares (3,4 trilhões de reais) em 2024. São muitos os fatores que fazem com que nossa pele tenha um aspecto murcho com o passar do tempo: exposição ao sol, predisposição genética, consumo de álcool e tabaco, poluição e também a alimentação. Alguns são evitáveis e de outros podemos nos proteger, mas, no que se refere à comida, cabe perguntar se da mesma forma que existem alimentos que nos fazem envelhecer mais rapidamente pode haver outros que evitem isso.

A resposta é negativa. “Não há dieta que retarde o envelhecimento diretamente”, alerta o nutricionista Daniel Ursúa. No entanto, apesar de não existir dieta milagrosa antiaging, podemos evitar certos alimentos ou substituí-los por outros mais saudáveis. Listamos os alimentos que são autênticos vampiros da juventude e contamos como podem ser substituídos.

1. O xarope de agave

É vendido como alternativa de baixo índice glicêmico ao açúcar refinado. A premissa é atraente: vem de uma planta. Mas a realidade é que o agave contém frutose de forma concentrada (quase 90%) e carece de outros nutrientes, como fibras, proteínas, minerais e vitaminas. No nosso corpo, este tipo de açúcar pode juntar-se aos aminoácidos presentes no colágeno e na elastina, que suportam e dão elasticidade para a derme, e gerar produtos finais da glicação avançada (AGE, na sigla em inglês), que provocam o estresse oxidativo e inflamação no corpo, de acordo com um estudo da Escola de Medicina do Hospital Mount Sinai (EUA).

O substituto: as tâmaras.

Se você é um daqueles que adiciona uma boa quantidade de agave nos biscoitos porque é mais saudável, tente evitar isso substituindo-o por pedaços desta fruta. “As tâmaras são frutos desidratados com maior concentração de polifenóis [compostos bioativos que protegem as células do processo de oxidação]”, conclui um estudo publicado no Journal of the American College of Nutrition. Há cada vez mais literatura científica que lança evidências a favor dos benefícios preventivos e terapêuticos dos polifenóis e seu uso nos tratamentos dos principais fatores de risco associados ao envelhecimento.

2. O biscoito de arroz

Foi exaltado como o lanche saudável. Sua popularidade é tal que atualmente é vendido em muitas variedades e receitas: com uma cobertura de iogurte, com chocolate ao leite, com temperos diferentes, e assim por diante. Longe de ser benéfico, este tipo de preparo tem um alto índice glicêmico e pode causar picos nos níveis de açúcar no sangue. De fato, como explicou a BUENAVIDA, Josefina Vicario, da Clínicas Vicario, “consumido sem moderação, pode estar associado a aumento de peso”.

O substituto: as cenouras. “Os alimentos ricos em carotenoides, encontrado em muitos legumes de cor avermelhada, como tomates ou cenouras, podem ser uma boa alternativa”, diz a dermatologista, membro da Academia Espanhola de Dermatologia e Venereologia (AEDV), Lorea Bagazgoitia. Esses pigmentos naturais têm um forte poder antioxidante e também “reduzem o risco de queimaduras solares [outro fator de envelhecimento prematuro], embora nunca substituam a fotoproteção”, acrescenta.

 

3. A manteiga ou a margarina

Na Harvard Medical School alertam que ambos os alimentos devem ser evitados ou consumidos com moderação, uma vez que são ricos em gorduras saturadas, mesmo aqueles vendidos como tendo baixo teor desse tipo de gordura. Em 2015, a revista Photochemistry and Photobiologydivulgou divulgou um estudo impressionante em que foi avaliada a influência das gorduras trans, o dano oxidativo e a função mitocondrial na pele de ratos expostos à radiação ultravioleta (RUV). Os resultados mostraram que as gorduras hidrogenadas (como as que a margarina e a manteiga contêm) se correlacionam positivamente com a espessura da pele e rugas.

O substituto: o abacate.

“A oxidação progressiva em nosso corpo causados pelos radicais livres é a causa do envelhecimento dos nossos tecidos e do aparecimento de muitas doenças crônicas. Uma dieta adequada rica em antioxidantes pode ajudar a nos manter saudáveis e mais jovem por mais tempo”, explica Izaskun Astoreca Naverán, especialista em medicina estética e nutrição da Clínica Biolaser. A vitamina E é um antioxidante encontrado em alimentos como o abacate ou o azeite de oliva.

 

4. As bebidas açucaradas

A essa altura, todos sabemos que as bebidas açucaradas fazem mal à saúde. Até mesmo as adoçadas são alvo de polêmica. E o problema não é só o açúcar. As altas concentrações de cafeína podem afetar a qualidade do sonho, o que “é associado com o aumento dos sinais de envelhecimento intrínseco, a redução da função da barreira cutânea e a menor satisfação com a aparência”, conclui um estudo do Cleveland Medical Center, nos Estados Unidos.

O substituto: a água. Quando foi que a essência da nossa existência deixou de ser popular? Se você acha sem graça beber só água, experimente colocar rodelas de limão — o que, embora não emagreça de forma comprovada, dá um belo toque de sabor.

 

5. Batatas fritas

Nem artesanais, nem ecológicas, nem feitas em casa. As batatas fritas também contêm produtos finais da glicação avançada (AGE), embora “o principal motivo para evitar seu consumo não seja tanto o acúmulo desses compostos, mas o próprio fato de comer batata frita, já que ela tem uma baixa qualidade nutricional e um alto teor de energia”, afirma Ursúa. Esse tipo de alimento é vinculado com o excesso de formação de radicais livres, que encurtam a vida e envelhecem a pele de forma prematura.

O substituto: a batata doce. É um alimento rico em vitamina C que ajuda a atrasar o aparecimento de rugas, segundo uma pesquisa publicada na revista The American Journal of Clinical Nutrition. Mas tampouco vale à pena se empanturrar. Como diz Ursúa, “não adianta nada trocar batata frita por batata doce para evitar as AGEs se depois passamos o dia todo no sofá.”

 

6. As carnes processadas

A Organização Mundial da Saúde é clara: carnes processadas não são boas para a saúde. Entre outras coisas, elas contêm aditivos associados com inflamações e que podem danificar o colágeno da pele (o que acentua as rugas e marcas de expressão). Também é bom prestar atenção no modo de preparo: “Não devemos abusar de torradas, frituras e alimentos preparados na brasa”, diz Ursúa, lembrando que cozinhar alimentos em altas temperaturas ou queimá-los pode produzir compostos prejudiciais à saúde, como a acrilamida.

O substituto: o tofu. Ursúa recomenda como alternativa “uma alimentação com base em produtos vegetais”. Bagazgoitia concorda e aconselha o consumo de “frutas e verduras ricas em antioxidantes”. Se você quer proteínas, também há opções. “Os legumes contêm esse nutriente”, afirma Naverán. Outra boa pedida é o tofu, que — segundo os estudos — tem propriedades anti-inflamatórias. E se os pratos vegetarianos não são a sua praia, os especialistas recomendam frango ou peru. Mas atenção: nem tudo que é vendido com esses nomes é saudável, como já contamos em BUENAVIDA.

As barrinhas de chocolate

Esses tabletes contêm um cacau altamente processado, que perdeu a maioria de seus componentes benéficos para a saúde, como os flavonoides (antioxidantes naturais). Como se não bastasse, contêm gordura hidrogenada, farinha de baixa qualidade (quando há biscoito no meio) e açúcares. Um coquetel explosivo.O substituto: o cacau puro. Ou quase. É a única forma de curtir esse manjar de maneira saudável. Como já contamos em BUENAVIDA, a barra deve ter ao menos 70% de cacau para conservar todos os seus nutrientes.

8. O sal

A estrela dos condimentos, com o qual temos uma relação apaixonada demais (o brasileiro consome mais que o dobro da quantidade recomendada, de 5 gramas por dia), poderia ser a causa de lesões cutâneas produzidas pela dermatite atópica, segundo uma pesquisa alemã publicada na revista Science. As conclusões mostram que o cloreto de sódio poderia promover as respostas alérgicas da pele, como é o caso da dermatite. Além disso, especialistas da Harvard Medical School advertem que esse elemento também desidrata e resseca nossa pele.

O substituto: o orégano e outras ervas. A solução para o vício em comida salgada passa por uma inevitável mudança de chip. Os pesquisadores recomendam substituir aos poucos o sal por condimentos e especiarias que realcem o sabor dos pratos. “Entre os condimentos que costumamos usar para cozinhar, alguns são muito ricos em flavonoides, como o orégano e o tomilho”, conclui Naverán.

  • Arquivos

  • Abril 2019
    S T Q Q S S D
    « mar    
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    2930