Resultado de imagem para Bolsonaro recebe Macri em Brasilia
Bolsonaro recebe Macri em Brasília: mexida no Mercosul e abalo em Maduro..
Resultado de imagem para Battisti preso e devolvido à Itália
e Batistti, preso na Bolívia com ajuda brasileira e mandado para presídio na Sicília.

ARTIGO DA SEMANA

Batistti na Itália, armas, Trump e Davos: Talento à moda Bolsonaro

Vitor Hugo Soares

É inevitável reconhecer, frente ao recente episódio e as repercussões da prisão de Cesare Battisti –  o condenado fugitivo precariamente disfarçado, apanhado durante prosaico passeio de fim de tarde na cidade boliviana de Santa Cruz de la Sierra: Bolsonaro e seu governo, à moda e seu jeito próprios, têm demonstrado Talento (com maiúscula mesmo) e senso de direção, em seguida à largada mambembe e o bate-cabeça inicial dos novos donos do poder. Destaques exemplares, além do caso Batistti: a assinatura do decreto da posse de armas e o encontro com o colega argentino, Maurício Macri, de forte impacto político continental, que balançou o inerte Mercosul e fez tocar o alarme no regime de Maduro, na Venezuela.

E a cereja do bolo pode estar ainda à espera do mandatário brasileiro, semana que vem, na distante e fria Suíça. Neste domingo, Bolsonaro embarca para participar do Fórum Econômico Mundial de Davos, onde fará sua estréia internacional. Na comitiva leva estrelas de primeira grandeza: os superministros Paulo Guedes, da Economia;  Sérgio Moro, da Justiça e Segurança; e o agitador chanceler Ernesto Araújo, de polêmicas garantidas com “as esquerdas” .

Sem as presenças dos presidentes Donald Trump, dos Estados Unidos (declarado fã do capitão) e da França, Emmanuel Macron, a expectativa é que o mandatário do Brasil se transforme em uma das principais atrações de Davos 2019.  

Sei que muita gente – principalmente a turma ligada aos donos do poder nos últimos quase 15 anos, ou deles beneficiária em seus interesses, mamatas e falcatruas – vai torcer o nariz, mas  cito fatos jornalísticos. Faço também um esclarecimento de ordem política, conceitual e de princípios, retirado do livro “Rompendo o Cerco”, cujo exemplar recebi pessoalmente das mãos de Ulysses Guimarães – com honrosa e inestimável dedicatória -,  depois da cobertura pelo Jornal do Brasil (cuja redação da sucursal eu chefiava então em Salvador), na “noite dos cães selvagens” açulados pelas tropas de elite da PM contra o presidente do MDB, em dramático e insano 1º de Maio, na Bahia, nos Anos 70 de embates contra a ditadura e de quase todas as loucuras.

Talento é o terceiro mandamento do Estatuto do Estadista, cujo enunciado diz: “Não há estadista burro. Há de ser talentoso, embora possa não ter cultura. Tiradentes e Juarez não tiveram cultura, mas foram estadistas porque tiveram talento político. Talento é o dom de acertar”… 

Fatos. É disso que se trata aqui e agora. Goste-se ou não do que pensa, diz e faz o capitão da reserva do Exército, eleito com mais de 57 milhões votos para mandar no Palácio do Planalto, nos próximos quatro anos (pelo menos). O caso Batistti é exemplo cabal de visão em perspectiva política e histórica, atributo em falta na maioria dos políticos e governantes do País.
Com negociações diplomáticas ágeis e objetivas dos três governos diretamente envolvidos no caso, desde a prisão, no sábado, até o embarque do criminoso, em vôo direto, Santa Cruz de La Sierra/Roma, patrocinado pelo governo italiano, para – depois de 37 anos de fugas e estranhos benefícios, – o condenado pela justiça da Itália começar efetivamente a cumprir pena de prisão perpétua, em penitenciária de máxima segurança, numa ilha na Sicília, de onde ninguém até agora conseguiu fugir.

É isto, por enquanto, e não é pouco. Agora esperemos o que virá em Davos, e depois. A conferir.

Vitor Hugo Soares é jornalista, editor do site blog Bahia em Pauta. E-mail: vitor_soares1@terra.com.br

Be Sociable, Share!

Comentários

Vanderlei on 19 Janeiro, 2019 at 14:02 #

Um dos maiores anseios da população brasileira, mesmo daqueles que não votaram no Bolsonaro é, sem nenhuma dúvida, o combate de todos os tipos de crimes, tanto o crime organizado como os crimes de corrupção que, desde há muito tempo, assola a sociedade brasileira em níveis sempre crescentes. Além de eleito, Bolsonaro, começa agora, mesmo aos trancos e barrancos, a tomar as providências prometidas. E pelo que se deduz o povo está do lado dele, pois não aguenta mais tanta violência. O povo também sabe que em 19 dias não existe condições para acabar com a insegurança pública que vem de muitos anos e piorando como no caso do Ceará. Só nos resta torcer para que tudo dê certo e o Brasil volte a prosperar, recuperando o tempo perdido.


Paulo castro on 20 Janeiro, 2019 at 12:08 #

Estamos na torcida para ouvir o Queiroz e saber como familia Bolsonaro aumentou seu patrimonio. Pode comecar Ja ir acostumando.


Vanderlei on 20 Janeiro, 2019 at 17:04 #

Como dona Marisa, ex de Lula, aumentou seu patrimônio?


Lúcia Jacobina on 20 Janeiro, 2019 at 19:05 #

Esse louvavel artigo vem ao encontro do que sempre pensei de você, caro Vitor, de sua análise lucida e arguta sobre os fatos e de sua coragem em verbalizar seu pensamento. Também partilho com você uma grande admiração por Ulysses Guimarães,
um exemplo da política em nosso país. Concordo com tudo o que disse. Vamos aguardar os próximos acontecimentos.


vitor on 20 Janeiro, 2019 at 20:21 #

Lucia:
Grato por suas considerações, sempre lúcidas e com a marca da generidade genuína. Sim, vamos confiar e aguardar. Quanto a Ulýsses é verdadeiramente uma admiração antiga e lastreada em situações concretas de vida, princípios e coragem cívica. Forte abraço.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2019
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031