jan
17
Postado em 17-01-2019
Arquivado em (Artigos) por vitor em 17-01-2019 00:18

 Resultado de imagem para Maria Aparecida Torneros no Bahia em Pauta

ARTIGO:  RIO-BAHIA

Martha Rocha Carioca na mira dos milicianos?

Cida Torneros

 
Voto nela há duas eleições.  Gosto da sua atuação como delegada pioneira e como Deputada estadual correta. Admiro sua luta num mundo antes tão masculino e sua coragem de enfrentar preconceitos e abrir trincheiras em defesa das mulheres. Gosto de saber que minha auxiliar de faxina costuma encontrá- la no supermercado do bairro fazendo suas próprias compras ou nas missas de domingo na igreja de São Francisco. Ela é uma mulher que nasceu no subúrbio da Penha, filha de imigrantes portugueses, estudiosa, vencedora de concursos públicos , ingressou na polícia,  galgou postos importantes na corporação,  criou as primeiras delegacias da mulher em nosso Estado. Deve ter incomodado muita gente preconceituosa. Deve causar insegurança naqueles que preferem Marthas Rochas bonitas, dos anos 50, misses Brasil, símbolos do comércio da beleza feminina de corpos e sorrisos que encantaram o mundo como a famosa homônima baiana que o Brasil tanto admirou.
Mas à Martha carioca é outra história e corre riscos de atentados pois incomoda os grupos identificados como milícias organizada que dominam facetas de comandos em áreas das comunidades à sua mercê de arrocho e monitoração.
No último domingo,  a Martha acompanhada da mãe de 88 anos que ela fora buscar para irem à missa, escapou da tentativa de assalto. Martha devota de Nossa Senhora passou por momentos difíceis mas demonstrou calma e sensatez ao descrever o ocorrido. Levanto a hipótese de tentativa de roubo mas as evidências mostram perseguição e disparos de execução.  O motorista se feriu no tornozelo.  Martha e a mãe escaparam. Quem quer eliminá-la? Alguns ou muitos.

Como sua eleitora e acompanhante da sua vida legislativa,  sigo rezando por ela. Estamos na era infeliz dos femicidios.

Martha representa a luta de mulheres corajosas. É forte, embora de voz mansa e gestos muito femininos, não se enganem com sua determinação de contribuir nesse momento tão conturbado para o Rio de Janeiro.
Vamos,  Martha, tenha força . Estamos com você ! Nossa Senhora também!  Nós,  mulheres, precisamos da sua luta. Continue a nos representar .

Cida Torneros, jornalista e escritora, mora no Rio de Janeiro , onde edita o blog da Maria Aparecida Torneros. É colaboradora da primeira hora do Bahia em Pauta.

Be Sociable, Share!

Comentários

Lucas Ribeiro on 17 Janeiro, 2019 at 22:11 #

Maria Aparecida Torneros on 18 Janeiro, 2019 at 9:54 #

Lucas Ribeiro. Obrigada por comentar meu texto. Leio sempre El País. Nos anos 80 eu era editora de um jornal para a colônia espanhola no Brasil e tinha autorização para reproreproduzir suas matérias. Vi o jornal crescer. Hoje tem edições em diversos países. Mantém um jornalismo de primeira linha. Gosto muito.


Vanderlei on 18 Janeiro, 2019 at 22:24 #

Só gostaria de saber por que o Brasil chegou a violência que chegou nos dias de hoje? Será que o EL Pais poderia responder?


Vanderlei on 18 Janeiro, 2019 at 22:27 #

Nascido m Juiz de Fora – MG, com família no Rio de Janeiro, que visito assiduamente, Pergunto : O que fizeram com o Rio de Janeiro nos últimos anos?


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2019
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031