jan
07

Frente de juízes e promotores reage a plano de acabar com Justiça do Trabalho

 

A Frente Associativa da Magistratura e do Ministe?rio Pu?blico (Frentas) reagiu à pretensão de Jair Bolsonaro de acabar com a Justiça do Trabalho.

Em nota pública, a entidade disse que a “supressão” ou a “unificação” da Justiça do Trabalho representa “grave violação” à independência dos Poderes.

A entidade disse também que “não é real a recorrente afirmac?a?o de que a Justic?a do Trabalho existe somente no Brasil”.

“A Justic?a do Trabalho existe, com autonomia estrutural e corpos judiciais pro?prios, em pai?ses como Alemanha, Reino Unido, Sue?cia, Austra?lia e Franc?a. Na absoluta maioria dos pai?ses ha? jurisdic?a?o trabalhista, ora com autonomia orga?nica, ora com autonomia procedimental, ora com ambas.”

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2019
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031