jan
03

 

Resultado de imagem para Cristo Redentor Rio helicóptero

 

CRÔNICA

Brinde ao Brasil!

 Gilson Nogueira

Os helicópteros, sob céu azul, sobrevoam a branca estátua do Cristo Redentor, no Morro do Corcovado, feito insetos em volta de lâmpada acesa. Na cidade do Rio de Janeiro, onde as UPA parecem dormitórios de irresponsáveis, enquanto, no meio da  madrugada, a dor bate à porta pedindo socorro e recebe deles o silêncio como resposta, são, na verdade, para uma das capitas do turismo mundial, uma vergonha mundial. Centro de gente que faz do cinismo profissão de fé. É triste!

O jornal, que já foi infinitamente melhor, a partir dos títulos das matérias, segue dobrado sobre a mesa de centro. Não o leio, em sinal de revolta. E reafirmo, estão mal feitos! Em relação aos títulos e ao seu conteúdo.  Um ou outro escapa, diria meu velho!

Jogaram a técnica da pirâmide invertida no lixo. Em Salvador, então, nem se fala, virou piada!Chegarei ao último dia de 2019 torcendo por Bolsonaro. Não votei nele, por não ser obrigado. Mas, torci, calado, na esperança de ver o Brasil reerguer-se e, assim, tirar o pé da lama que os políticos corruptos o levaram. É hora de fazer com que aquele homem desesperado ,que  mete a mão no lixo buscando o que comer, tenha um emprego, uma vida digna, como Deus Quer!

 Não pretendo jogar fora a minha crença no meu país e isso depende dessa turma que foi eleita para gerir uma nova empresa, fincada na honestidade, pilar básico, para levar adiante o que for. Um Brasil feito por gente que tenha o Brasil no coração, como Bolsonaro demonstra, e que dê um chute na bunda dos cínicos de plantão, que parecem usar a política em seu benefício, ao invés de pensar no povo e promover, para ele, através de seus instrumentos legais, amparados pela justiça brasileira, melhor condição de sobrevivência, considerando que os coquetéis de safadeza continuarão a ser sacudidos por entre os pulhas de plantão. Um dia, com conhecimento adquirido através da escola para o povo, esses cidadãos, iguais a todos, sentarão, felizes, na mesa ao seu lado, e lhe dirão: “ Agora, sim, podemos brindar a Liberdade!” Ah, vou à Cobal do Humaitá beber água de côco. Quero ter a Bahia circulando nas minhas veias, sempre! E dizer que nem todos os políticos, pelo que me asseguram os amigos, são do partido do diabo.

   Gilson Nogueira é jornalista, colaborador da primeira hora do Bahia em Pauta

Be Sociable, Share!

Comentários

Lucas Ribeiro on 3 Janeiro, 2019 at 0:41 #

…como Bolsonaro demonstra… Fica a pergunta , caro amigo :onde está o Queiroz????????????


Lucas Ribeiro on 3 Janeiro, 2019 at 6:48 #

Torcendo pelo Brasi:

Não foi preciso esperar mais que um dia para que o presidente da extrema-direita deixasse claro para quem governará: para elite, para os interesses do mercado e para o governo dos EUA

Menos de 24 horas depois de assumir o comando do país, Jair Bolsonaro já colocou em prática seu projeto de país que coloca em risco o povo brasileiro, a liberdade da população e a soberania nacional. Da posse até aqui, são ao menos 17 medidas podem agravar ainda mais a crise iniciada após o golpe de 2016 e aumentar a violência contra pobres, negros e das minorias que tanto atacou durante sua vida parlamentar.

As decisões vão desde a redução do salário mínimoprevisto para 2019 até a disposição imediata para curvar-se aos interesses do governo dos EUA.

Confira as 17 medidas de Bolsonaro contra o Brasil:

1) Garfou 8 Reais do salário mínimo aprovado pelo Congresso;

2) Extinguiu Secretaria da Diversidade, Alfabetização e Inclusão do MEC, para reimplantar o preconceito e impedir o ensino crítico;

3) Proibiu a Funai de demarcar áreas indígenas, que agora será feita pelo Ministério do Agronegócio;

4) Anunciou liberação a posse de armas e disse que vai tornar esse “direito” vitalício;

5) Anunciou que vai impor a prisão de condenados em segunda instância, atropelando o STF;

6) Extinguiu os ministérios do Trabalho, da Cultura, das Cidades, Esportes e Integração Racial;

7) Esvaziou a Comissão da Anistia, remetendo-a para o patético Ministério da Damares;

8) Liberou as chefias do Itamaraty para nomeações políticas, quebrando uma tradição secular da diplomacia profissional brasileira;

9) Anunciou que vai privatizar Eletrobras, apesar do veto do Congresso ao processo de capitalização da estatal;

10) Comprometeu-se com os EUA para atacar Venezuela, Cuba e Nicarágua;

11) Colocou a reforma contra os aposentados no topo da agenda de governo;

12) Confirmou a transferência da embaixada brasileira para Jerusalém, mostrando que é submisso a Trump e ofendendo a comunidade árabe;

13) Reprimiu seus próprios apoiadores na posse e censurou violentamente a cobertura da imprensa;

14) Anunciou demissão sumária de servidores que criticaram suas políticas em redes sociais privadas;

15) Extinguiu o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), que orienta o combate à fome e o Bolsa Família;

16) Acabou com o Conselho Nacional de Integração de Políticas de Transportes e tirou do Senado a aprovação dos diretores do DNIT;

17) Fez um acordão com os partidos políticos que ele tanto criticou, para que o PSL apoie a reeleição de Maia e ganhe cargos na Câmara.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2019
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031