nov
30

 DO JORNAL DO BRASIL

O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (MDB), chegou por volta das 16h10 desta quinta-feira, 29, à Unidade Prisional da Polícia Militar, no bairro Fonseca, em Niterói. Ele ficará preso no local devido a Operação Boca de Lobo.

Antes de chegar em Niterói, Pezão passou pela cadeia José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte do Rio, onde passou por uma triagem.

>> PGR diz que crimes cometidos por Pezão continuavam sendo praticados

Macaque in the trees
Luiz Fernando Pezão na Unidade Prisional da PM em Niterói (Foto: Marcio Mercante/AE)

Pezão foi preso na manhã desta quinta-feira no Palácio Laranjeiras, na zona sul do Rio, e de lá foi levado para a sede da Polícia Federal, onde prestou depoimento. Em Niterói, o governador do Rio ficará em uma sala de Estado Maior, por prerrogativa legal do cargo público que ocupa. O local não tem características de uma cela.

O governador do Rio foi preso acusado de receber uma mesada de R$ 150 mil e um décimo terceiro da propina durante o período que era vice-governador. O esquema também teria continuado após a saída do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (MDB), do governo, acusam a PF e o MPF. Segundo os investigadores, Pezão teria assumido a posição de comando da organização, após a prisão de Cabral.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2018
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930