Filho de testemunha-chave de esquema de corrupção da Odebrecht na Colômbia morre envenenado

 

A Procuradoria Geral da Colômbia anunciou a morte, por cianureto, do arquiteto Alejandro Pizano Ponce de León, filho de Jorge Enrique Pizano, testemunha-chave do processo que investiga esquema de corrupção da Odebrecht no país.

“Segundo o resultado da autópsia do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciência Forense, a causa da morte foi envenenamento com cianureto”, informou María Paulina Riveros, vice-procuradora.

Riveros explicou que o cianureto estava dentro de uma garrafa de água com gás, numa escrivaninha do quarto do pai de Alejandro que morreu de câncer três dias antes. O arquiteto estava acompanhado de uma irmã.

“Por causa dos fatos anteriores, a Procuradoria-Geral também abriu uma investigação para determinar porque essa substância estava na casa do pai da vítima”, explicou Riveros. A Odebrecht é acusada de pagar até US$ 28 milhões em propinas para obter contrato de uma rodovia.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2018
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930