“Nação”, João Bosco: Brasilidade, poesia visceral, domínio completo do instrumento e da voz e emoção à flor da pele. Tudo isso e muito mais de bom e do melhor é João Bosco.

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos