set
07
Postado em 07-09-2018
Arquivado em (Artigos) por vitor em 07-09-2018 00:53

Autor de atentado contra Bolsonaro morou em várias cidades

 

Por Claudio Dantas

Preso por esfaquear Jair Bolsonaro, o servente de pedreiro Adélio Bispo de Oliveira não completou o primário. Nos últimos anos, morou em várias cidades e teve diferentes empregos.

O último trabalho foi na empresa Redaer Construções e Instalações.

Ele também trabalhou na Kauf Cafeteria, no Supermercado Angeloni, na empresa Nossa Gestão de Pessoas e Serviços, na Pizza Hut e no Quiosque da Esquina.

Além de Montes Claros, já morou em Uberaba, também em Minas Gerais. Também tem registros de passagem por Florianópolis (SC) e Campinas (SP).

Como mostramos mais cedo, foi filiado ao PSOL e mantinha um perfil no Facebook com postagens de apoio ao comunismo e críticas a diversos políticos, como o próprio Bolsonaro.

Be Sociable, Share!

Comentários

Daniel on 7 setembro, 2018 at 2:27 #

O mais abjeto que tenho visto é a quantidade de comentários de pessoas ligadas à esquerda fazendo chacota e até justificando o atentado contra o candidato.

Como é possível falar tanto em “ódio” de Bolsonaro quando a única vítima real de violência foi o próprio? Como é possível ridicularizar um atentado político gravíssimo? Como é possível justificar um ato criminoso com o argumento delinquente do “ele plantou ódio”, quando quem está plantando ódio é justamente aqueles que o odeiam?


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos