set
07

Do Jornal do Brasil

 

O autor do ataque contra Jair Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, disse a policiais que estava cumprindo uma “ordem de Deus”.

A informação é da revista “piauí”, que cita Luis Boundens, presidente da Federação dos Agentes da Polícia Federal (Fenapef), que conversou com homens que faziam a escolta do candidato.

“Os colegas disseram que ele imediatamente começou a dizer que estava em missão divina, o que levou o pessoal a temer pela integridade psicológica dele”, afirmou.

Adelio, de 40 anos, já tinha sido acusado pelo crime de lesão corporal, segundo a Polícia Militar de Minas Gerais (MG). O boletim de ocorrência em que ele é acusado de atentar contra a integridade física de outras pessoas é de 2013.

 A Polícia Federal (PF) instaurou inquérito para apurar o ataque na tarde desta quinta-feira (6), em Juiz de Fora (MG).

Macaque in the trees
PF confirmou que o homem suspeito de ter esfaqueado o candidato, Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi detido por populares e seguranças (Foto: Reprodução grupo de Whatsapp)

Be Sociable, Share!

Comentários

Daniel on 7 setembro, 2018 at 2:34 #

Muito fácil agora alegar insanidade. As redes sociais do sujeito demonstram com clareza o envolvimento com grupos partidários e linhas de radicalismo ideológico.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2018
    S T Q Q S S D
    « ago    
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930