ago
26
Postado em 26-08-2018
Arquivado em (Artigos) por vitor em 26-08-2018 00:12

 Ciro diz que evita confronto com Bolsonaro

 

Ciro Gomes afirmou neste sábado que evita confronto com Jair Bolsonaro para não parecer arrogante.

“Se um cara como eu partir para cima de uma pessoa com aquele despreparo parece arrogância.”

O candidato do PDT disse também que os eleitores de Bolsonaro na internet costumam pregar o fanatismo.

“Às vezes a gente acha que o Bolsonaro é alcançável porque é misógino, machista, porque segrega gays e porque segrega negros. Ele está com essa força relativa porque ele é isto. Infelizmente é uma fração do povo brasileiro que é isso. Que se sente representado por isso.”

Be Sociable, Share!

Comentários

Daniel on 26 agosto, 2018 at 1:47 #

Parece que Bolsonaro é o único candidato que podem xingar a vontade sem qualquer tipo de retaliação, ação judicial ou reprimenda.

Tudo bem chamá- lo de “misógino, machista, segregador de gays e de negros”. Com ele, pode…

É surreal como muito se arvoram da condição de vítimas e defensores da tolerância e do amor enquanto acusam um adversário político de tantas calúnias, ofensas e ataques.

Imagina se algum deles fosse chamado abertamente de machista, racista, odiador de mulheres, ou coisa do tipo? Seria uma escândalo.

E vejam que estamos falando de Ciro Gomes, o sujeito conhecido pelo autoritarismo, declarações, aqui sim, odiosas contra mulheres a até agressões físicas. Mas vai lá alguém chamá- lo de “misógino” ou “machista” para ver.

Ainda afirma que grande parte do povo brasileiro é assim. Fico imaginando se fosse Bolsonaro a acusar alguém com essas palavras e dizer que “infelizmente parcela da população é assim”…


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos