ago
02

Morre o artista plástico Mário Cravo Júnior

 Morreu em Salvador, nesta quarta-feira (1º), o artista plástico Mário Cravo, de 95 anos. Ele estava internado no Hospital Teresa de Lisieux, também na capital baiana, desde o dia 17 de julho. Ainda não foi determinado onde será realizado o sepultamento e enterro do artista.

De acordo com a assessoria da unidade de saúde, Mário Cravo Júnior teve falência múltipla de órgãos e morreu por volta das 10h19.

No último sábado (28), ele chegou a apresentar melhora no quadro de saúde e recebeu alta da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), onde ficou internado por nove dias.

Quando foi hospitalizado, no dia 17 de julho, Mário Cravo estava com pneumonia. O artista era o último modernista baiano vivo.

Biografia

 

Mário Cravo era o último modernista baiano vivo (Foto: Divulgação) Mário Cravo era o último modernista baiano vivo (Foto: Divulgação)

Mário Cravo era o último modernista baiano vivo (Foto: Divulgação)

Baiano de Salvador, Mário Cravo Júnior ainda era estudante do internato do Colégio Antônio Vieira quando descobriu a habilidade para o desenho. Mais tarde, desenvolveu o gosto pela escultura.

Foi estudar no Rio de Janeiro e, depois, nos Estados Unidos. Quando voltou ao Brasil, fez parte da primeira geração de artistas modernistas da Bahia. Tornou-se um especialista em monumentos.

As obras do artista estão eternizadas em museus e espaços abertos no Brasil e no exterior. Na capital baiana, o talento de Mário Cravo Júnior está espalhado pela cidade.

"Monumento às Quatro Raças, de Mário Cravo Júnior", compõe cartão postal da cidade (Foto: Egi Santana/G1) "Monumento às Quatro Raças, de Mário Cravo Júnior", compõe cartão postal da cidade (Foto: Egi Santana/G1)

“Monumento às Quatro Raças, de Mário Cravo Júnior”, compõe cartão postal da cidade (Foto: Egi Santana/G1)

Entre as famosas esculturas estão “O monumento às quatro raças”, na Praça Cayru, bairro do Comércio, “A cruz caída”, na Praça da Sé, a escultura de Ruy Barbosa, no Fórum de Nazaré, a sereia de Itapuã, o memorial a Clériston Andrade, na Avenida Garibaldi, e o Parque das Esculturas, em Pituaçu, onde existe o acervo do artista com cerca de três mil obras, entre elas a “Via Crucis”.

Em mais de 70 anos de atividade profissional, Mário Cravo Júnior foi premiado nacional e internacionalmente, e foi um dos artistas plásticos que mais estimularam e valorizaram os elementos da cultura popular para produzir arte.

Artista plástico Mário Cravo que morreu aos 95 anos em Salvador (Foto: Reprodução/TV Bahia) Artista plástico Mário Cravo que morreu aos 95 anos em Salvador (Foto: Reprodução/TV Bahia)

Artista plástico Mário Cravo que morreu aos 95 anos em Salvador (Foto: Reprodução/TV Bahia)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos