Na Nicarágua, o PT na contramão da história

 

José “Pepe” Mujica, queridinho da esquerda latino-americana que visitou Lula na prisão no mês passado, defendeu no Senado uruguaio a renúncia de Daniel Ortega, registra a Folha.

O motivo, claro, é a repressão violenta exercida pelo regime esquerdista da Nicarágua contra seus opositores, que já matou cerca de 360 pessoas em três meses –muitos deles, estudantes universitários.

“Sinto que algo que foi um sonho se desvia, cai em autocracia. E entendo que aqueles foram revolucionários perderam hoje o senso de que, na vida, há momentos em que devem dizer: ‘Vou embora’”, declarou o ex-presidente do Uruguai, no seu estilo floreado.

Na última terça (17), o Senado uruguaio aprovou por unanimidade moção da Frente Ampla, o partido de Mujica, exigindo de Ortega “o fim imediato da violência contra o povo nicaraguense”.

Enquanto isso, no Brasil, o PT continua dando a maior força à repressão e à morte de opositores, como já faz em relação à Venezuela.

Be Sociable, Share!

Comentários

luís augusto on 20 julho, 2018 at 9:56 #

Vidas de estudantes universitários importam mais?


vitor on 20 julho, 2018 at 18:35 #

Luis Augusto:

Meu mais que querido companheiro de profissão e amigo. Arrisco uma resposta, passando (com grande alegria) por cima da nota do blog O Antagonista: o que importa mesmo é ver Luis Augusto Gomes voltar a navegar, bravamente, por esta esquina da web. Bravo e em frente, amigão do peito. Viva!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • julho 2018
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031