Resultado de imagem para França Teixeira radialista esportivo da Bahia 

 
 
 

O maior e melhor radialista esportivo da Bahia

 

Lício Santos Ferreira

 

Conheci de perto o radialista e comentarista França Teixeira a serviço do Jornal ATARDE.
Fui entrevistá-lo a pedido do meu chefe Genésio Pina Ramos, levando na bagagem uma forte admiração pelo maior profissional do rádio baiano de todos os tempos.
Este carinho por França Teixeira vinha de minha família. Em especial do meu irmão Leônidas Ferreira, colega de turma na Faculdade de Direito da Ufba e no Duque de Caxias no bairro da Liberdade em Salvador.
Também passei por este colégio estadual, assim como a maioria dos jovens da região.
França Teixeira, com sua careca enfeitada por cabelos presos em rabo de cavalo, era a imagem da irreverência para aqueles tempos. Final da década de 60.
Sua audiência na Rádio Cultura da Bahia, situada no bairro da Graça, – era incontestável.
Começava, diariamente, às 12 horas ao som do Hino ao Senhor do Bomfim. E logo aos primeiros acordes ele disparava a sua metralhadora verbal: ” Boa tarde, família baiana!”

E pelos quatro cantos da capital baiana o que se ouvia a partir daí era um linguajar chulo e deliciosamente popular.
“É ferro na boneca, neném”.
Interpretando um personagem fictício, “Zé Veneno”, e rodando com toda sua equipe esportiva na cobertura dos principais clubes de Salvador e também da FBF- Federação Bahiana de Futebol, o mago da radiofonia baiana informava e comentava o mundo esportivo à exaustão.
Para ele não havia notícia pela metade. Era investigada até o fim. Se preciso fazia ligações nacionais e internacionais – coisa muito cara para a época – apenas para satisfazer o seu público cativo mostrando profissionalismo e seriedade.
Algumas figuras “carimbadas” do mundo esportivo passavam pelos microfones da Rádio Cultura na hora da resenha esportiva.
De Manu, o querido empregado da FBF Manuel Francisco do Nascimento, até Dona Tidinha e Gaguinho respectivamente cozinheira e massagista do Vitoria. Tipos carismáticos e muito estimados pelos ouvintes.
Os jovens talentos da imprensa – componentes da sua famosa equipe – eram valorizados no ar com muita reverência e apreço.
No comando da resenha ao lado de Álvaro Martins formaram por longos anos uma dupla imbatível no rádio. Mas também se destacavam Renato Lavigne, Sergio Boto, Bola de Gude, Paulo Roberto Sampaio, Claudio Falcão entre outros jovens de talento e raça.
França Teixeira com sua sábia irreverência chamava alguns dos seus parceiros de “esbugueladores”, ou seja, botava para quebrar. Os baianos se apropriavam da sua fala para o linguajar do dia-a-dia.
Aqueles que conquistavam fama dentre ou fora do Estado se rendiam à resenha esportiva de França Teixeira. Gilberto Gil, por exemplo, lançou a musica “Aquele Abraço”, na emissora. Depois é que foi realizada a gravação em disco,
Jogadores como Baiaco, além de receberem sempre os melhores elogios, também eram “zoados”.
E com apoio de fortes anunciantes e outros não menos conhecidos como Mesbla Veiculos, Tonsom Modas Masculinas e Motorádio, a cidade de Salvador viveu uma época da mais alta criatividade no radio esportivo baiano. Fato que chamava atenção de outras praças esportivas como Rio de Janeiro e São Paulo
O rádio baiano era considerado o mais efervescente do pais. Já no final dos tempos, a sua resenha disputava ponto a ponto de audiência com a de Marco Aurélio, da Rádio Excelsior. A disputa entre os dois radialistas chegou a dividir os torcedores.
Mas França Teixeira, sem dúvida alguma, saiu vitorioso neste embate.
Eu até hoje não concebo como a Associação Bahiana dos Cronistas Desportivos – ABCD ainda não criou um troféu para laurear os melhores profissionais do rádio baiano. Seria fazer justiça, ainda que tarde, a este bom profissional da Comunicação Brasileira. Outros menos votados já foram lembrados. Fica a minha sugestão.

Lício Ferreira é jornalista, ex-reporter de Esporte de A Tarde. Texto publicado no espaço do jornalista no Facebook, reproduzido pelo Bahia em Pauta.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos