abr
08
Postado em 08-04-2018
Arquivado em (Artigos) por vitor em 08-04-2018 00:55

Do El Pais

São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Pernambuco, Bahia e Ceará conhecerão seus campeões.

Rodriguinho e Dudu disputam bola no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, vencido pelo Palmeiras por 1 a 0.
Rodriguinho e Dudu disputam bola no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, vencido pelo Palmeiras por 1 a 0. Paulo Whitaker Reuters

Os campeonatos estaduais mais relevantes do futebol brasileiro têm suas decisões marcadas para este domingo, dia 8, às 16h (horário de Brasília). Recheadas de clássicos, as finais ocorrem nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Recife, Salvador e Fortaleza, além das interioranas Pelotas e Chapecó.

Campeonato Paulista: Palmeiras x Corinthians – Allianz Parque, domingo, 16h

Dez anos depois, o Palmeiras pode voltar a vencer o Paulistão. Desde 2008, quando foi campeão, o clube só chegou à final uma vez, em 2015, quando perdeu para o Santos. Agora, tem a vantagem: além de decidir em casa, a equipe de Roger Machado venceu o primeiro jogo na casa do rival, Corinthians, por 1 a 0. Entretanto, do outro lado está o atual campeão estadual e nacional, de Fabio Carille, que venceu o último dérbi no Allianz por 2 a 0.

Campeonato Carioca: Vasco x Botafogo – Maracanã, domingo, 16h

Jogando o primeiro jogo fora de casa, o Vasco venceu o Botafogo no Engenhão por 3 a 2, com gol de Andrés Rios nos acréscimos, e traz a vantagem para o confronto decisivo. Confronto, este, que será no Maracanã, estádio da final da Copa do Mundo que vem sofrendo com má administração nos últimos anos e já garantiu 45 mil ingressos vendidos. Não existe o critério gol marcado fora de casa.

Campeonato Gaúcho: Brasil de Pelotas x Grêmio – Estádio Bento Freitas, domingo, 16h

Dono da melhor campanha na fase de grupos, o Brasil eliminou o São Luiz e o São José no mata-mata e chegou à final com o direito de mandar o segundo jogo em casa, na cidade de Pelotas. Porém, a equipe precisa reverter uma grande desvantagem. No primeiro jogo, em Porto Alegre, uma expulsão de Éder Sciola ainda no primeiro tempo colaborou para a vitória por 3 a 0 do Grêmio que, depois de ter passado por Internacional e Avenida, tem a grande chance de voltar a ser campeão estadual depois de oito anos.

Campeonato Catarinense: Chapecoense x Figueirense – Arena Condá, domingo, 16h

Desde 2006, apenas em 2010 Chapecoense ou Figueirense não estiveram na final do Campeonato Catarinense. Disputando a final em jogo único na sua casa, a Chape busca um inédito tricampeonato estadual – seria o sétimo título da história do clube.

Campeonato Paranaense: Atlético-PR x Coritiba – Arena da Baixada, domingo, 16h

Mesmo jogando todo o estadual com time e treinador alternativos, o Atlético conservava a invencibilidade na competição até o último domingo, quando perdeu o primeiro jogo para o Coritiba por 1 a 0 no Couto Pereira. Agora, o time rubro-negro conta com sua torcida em maioria para virar o confronto. A final não deve ter transmissão na televisão, uma vez que os donos da casa não aceitaram até agora a proposta da TV Globo.

Campeonato Baiano: Vitória x Bahia – Barradão, domingo, 16h

Depois de protagonizarem um clássico com nove expulsões na primeira fase, Bahia e Vitória voltaram a se encontrar na Fonte Nova, com torcida única, no primeiro jogo da final, em que o Tricolor venceu por 2 a 1. O Vitória, precisando ganhar, tem a melhor média de gols por jogo do país, mas o Bahia conta com a melhor defesa do Baiano.

Campeonato Pernambucano: Náutico x Central – Arena Pernambuco, domingo, 16h

O Central, de Caruaru, eliminou o Sport na semifinal e é a grande surpresa entre as finais dos estaduais. A equipe começou a decidir no último domingo o título, quando empatou por 0 a 0 com o Náutico, e vai para os 90 minutos finais na Arena. A decisão marcará o recorde de público em um jogo entre clubes no estádio da Copa, com 42.500 ingressos vendidos.

Campeonato Cearense: Fortaleza x Ceará – Castelão, domingo, 16h

A final marca o confronto entre os dois artilheiros do Brasil, o alvinegro Arthur e o tricolor Gustavo. Os dois clubes voltam a se enfrentar na final estadual pela primeira vez desde 2015, quando deu Fortaleza. O time de Rogério Ceni precisa reverter o 2 a 1 sofrido no primeiro jogo.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos