O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou na noite deste sábado (7) a Curitiba, onde começará a cumprir a pena de 12 anos e 1 mês de prisão pela condenação no caso do triplex em Guarujá (SP).

Ele foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele é o primeiro ex-presidente do Brasil condenado por crime comum.

Lula pousou no aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, às 22h01. De lá, seguiu de helicóptero até a Superintendência da PF na capital paranaense, onde pousou às 20h28.

Por ordem de Moro, o ex-presidente ficará preso em uma sala especial de 15 metros quadrados, no 4º andar do prédio da PF, com cama, mesa e um banheiro de uso pessoal. Também foi autorizada a instalação de um TV no local.

 
Lula foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex

Lula foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex

O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Sérgio Moro na início da noite de quinta-feira (5) e, na sequência, Lula seguiu para a sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP).

O ex-presidente se entregou à Polícia Federal quase 26 horas após o prazo dado pelo juiz para que ele se apresentasse voluntariamente.

Lula saiu a pé do sindicato, às 18h42, e caminhou até um prédio próximo, onde equipes da Polícia Federal o aguardavam. A saída teve de ser feita dessa maneira porque, por volta das 17h, Lula tentou sair de carro, mas foi impedido pela militância.

De carro, Lula foi levado por agentes até a Superintendência da PF em São Paulo, onde realizou exame de corpo de delito. Na sequência, seguiu de helicóptero para o aeroporto de Congonhas e, de lá, decolou em avião com destino a Curitiba.

O ex-presidente anunciou que se entregaria neste sábado, em um discurso feito em frente à sede do sindicato. A fala durou 55 minutos e ocorreu durante ato religioso em homenagem a ex-primeira-dama Marisa Letícia, que completaria 68 anos neste sábado. Lula disse que não iria “correr”, “nem se esconder”.

Ele também criticou as decisões do Judiciário e disse que vai provar sua inocência.

Agora é torcer, torcer, torcer. Se não der para ir ao estádio, mantenha a cama acesa de seu time no peito, e torça em casa mesmo, ou num bar em roda de amigos. Torça e boa sorte!!!

BOM DOMINGO!!!

(Vitor Hugo Soares)

abr
08
Posted on 08-04-2018
Filed Under (Artigos) by vitor on 08-04-2018

Do El Pais

São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Pernambuco, Bahia e Ceará conhecerão seus campeões.

Rodriguinho e Dudu disputam bola no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, vencido pelo Palmeiras por 1 a 0.
Rodriguinho e Dudu disputam bola no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, vencido pelo Palmeiras por 1 a 0. Paulo Whitaker Reuters

Os campeonatos estaduais mais relevantes do futebol brasileiro têm suas decisões marcadas para este domingo, dia 8, às 16h (horário de Brasília). Recheadas de clássicos, as finais ocorrem nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Recife, Salvador e Fortaleza, além das interioranas Pelotas e Chapecó.

Campeonato Paulista: Palmeiras x Corinthians – Allianz Parque, domingo, 16h

Dez anos depois, o Palmeiras pode voltar a vencer o Paulistão. Desde 2008, quando foi campeão, o clube só chegou à final uma vez, em 2015, quando perdeu para o Santos. Agora, tem a vantagem: além de decidir em casa, a equipe de Roger Machado venceu o primeiro jogo na casa do rival, Corinthians, por 1 a 0. Entretanto, do outro lado está o atual campeão estadual e nacional, de Fabio Carille, que venceu o último dérbi no Allianz por 2 a 0.

Campeonato Carioca: Vasco x Botafogo – Maracanã, domingo, 16h

Jogando o primeiro jogo fora de casa, o Vasco venceu o Botafogo no Engenhão por 3 a 2, com gol de Andrés Rios nos acréscimos, e traz a vantagem para o confronto decisivo. Confronto, este, que será no Maracanã, estádio da final da Copa do Mundo que vem sofrendo com má administração nos últimos anos e já garantiu 45 mil ingressos vendidos. Não existe o critério gol marcado fora de casa.

Campeonato Gaúcho: Brasil de Pelotas x Grêmio – Estádio Bento Freitas, domingo, 16h

Dono da melhor campanha na fase de grupos, o Brasil eliminou o São Luiz e o São José no mata-mata e chegou à final com o direito de mandar o segundo jogo em casa, na cidade de Pelotas. Porém, a equipe precisa reverter uma grande desvantagem. No primeiro jogo, em Porto Alegre, uma expulsão de Éder Sciola ainda no primeiro tempo colaborou para a vitória por 3 a 0 do Grêmio que, depois de ter passado por Internacional e Avenida, tem a grande chance de voltar a ser campeão estadual depois de oito anos.

Campeonato Catarinense: Chapecoense x Figueirense – Arena Condá, domingo, 16h

Desde 2006, apenas em 2010 Chapecoense ou Figueirense não estiveram na final do Campeonato Catarinense. Disputando a final em jogo único na sua casa, a Chape busca um inédito tricampeonato estadual – seria o sétimo título da história do clube.

Campeonato Paranaense: Atlético-PR x Coritiba – Arena da Baixada, domingo, 16h

Mesmo jogando todo o estadual com time e treinador alternativos, o Atlético conservava a invencibilidade na competição até o último domingo, quando perdeu o primeiro jogo para o Coritiba por 1 a 0 no Couto Pereira. Agora, o time rubro-negro conta com sua torcida em maioria para virar o confronto. A final não deve ter transmissão na televisão, uma vez que os donos da casa não aceitaram até agora a proposta da TV Globo.

Campeonato Baiano: Vitória x Bahia – Barradão, domingo, 16h

Depois de protagonizarem um clássico com nove expulsões na primeira fase, Bahia e Vitória voltaram a se encontrar na Fonte Nova, com torcida única, no primeiro jogo da final, em que o Tricolor venceu por 2 a 1. O Vitória, precisando ganhar, tem a melhor média de gols por jogo do país, mas o Bahia conta com a melhor defesa do Baiano.

Campeonato Pernambucano: Náutico x Central – Arena Pernambuco, domingo, 16h

O Central, de Caruaru, eliminou o Sport na semifinal e é a grande surpresa entre as finais dos estaduais. A equipe começou a decidir no último domingo o título, quando empatou por 0 a 0 com o Náutico, e vai para os 90 minutos finais na Arena. A decisão marcará o recorde de público em um jogo entre clubes no estádio da Copa, com 42.500 ingressos vendidos.

Campeonato Cearense: Fortaleza x Ceará – Castelão, domingo, 16h

A final marca o confronto entre os dois artilheiros do Brasil, o alvinegro Arthur e o tricolor Gustavo. Os dois clubes voltam a se enfrentar na final estadual pela primeira vez desde 2015, quando deu Fortaleza. O time de Rogério Ceni precisa reverter o 2 a 1 sofrido no primeiro jogo.

DO PORTAL TERRA BRASIL

Além de criticar a imprensa e a Justiça e de tentar mobilizar a militância, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou o discurso no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC para “apresentar” seus possíveis sucessores na liderança da esquerda brasileira.

 
 

Foto: Ronaldo Silva / Futura Press

Logo no começo do pronunciamento, o ex-mandatário se dirigiu, um a um, aos pré-candidatos ao Planalto Guilherme Boulos (Psol) e Manuela D’Ávila (PCdoB) e ao ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), cotado para substitui-lo na corrida presidencial.

“Você tem futuro, irmão, você não pode desistir nunca”, disse o ex-presidente a Boulos, 35 anos e líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). “Você é motivo de orgulho e esperança para o país”, afirmou, agora voltando-se a D’Ávila, 36, também deputada estadual no Rio Grande do Sul.

Com Haddad, 55, o ex-mandatário foi menos enfático, mas citou que ele é o “ministro que viveu o maior período de investimento na educação no nosso país”. Com Lula inelegível, a esquerda – e principalmente o PT – terá de buscar alternativas para 2018, mas nenhuma delas se mostrou viável até o momento.

Na última pesquisa Datafolha, de setembro, D’Ávila não passa de 3% das intenções de voto, enquanto Boulos tem, no máximo, 1%. Haddad não foi incluído.

abr
08
Posted on 08-04-2018
Filed Under (Artigos) by vitor on 08-04-2018


 

Paixão , na (PR)

 

  • Arquivos