Artigo do jornalista João Carlos Teixeira Gomes (Joca), o Pena de Aço da Bahia,  publicado originalmente no jornal A Tarde. Bahia em Pauta reproduz.

======================================================

Resultado de imagem para JC Teixeira Gomes Bahia em Pauta

 

 

AS PATIFARIAS
DO PT PUNIDAS
J.C. Teixeira Gomes

Afastado do colunismo para tratar da saúde, não posso contudo deixar de comentar a decisão dos desembargadores do TRF-4 de Porto Alegre, Gebran, Paulsen e Laus, que, restaurando no país a honradez da Justiça, condenaram Lula a mais de 12 anos de prisão.
Sendo a militância política radical equivalente a uma forma de perversão religiosa, não vou perder tempo comentando as declarações petistas de que a condenação unânime foi uma manifestação “das elites” e tomada “sem provas”, para afastar Lula das eleições. É a abusiva e enfadonha cantilena.

Os petistas atacaram os três desembargadores – dois dos quais nomeados por Dilma! – com o mesmo cinismo que aplicaram a Joaquim Barbosa e depois Sergio Moro, dois magistrados que mostraram aos brasileiros que a Justiça nada tem a ver com a conduta de Tofoli, Lewandowski, Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello, reiteradamente em desacordo com as melhores tradições da toga.

Não há um só cidadão zeloso da sua honra que não esteja convencido das patifarias de Lula em conluio com as empreiteiras, para roubar o país em órgãos como a Petrobras, o BNDES e tantas outras instituições ligadas ao poder. Nunca o saque ao erário foi tão reiterado e brutal, aliás já confessado pela Odebrecht, através de nota à imprensa, e pela OAS.
Os petistas alegam agora que “todos roubam”. Com essa ridícula generalização, Lula pode roubar à vontade, pois é apenas “mais um” a engrossar a fileira dos desonestos. Primoroso argumento de quem não tem nenhum!

Quem o utiliza não quer lembrar ao menos que o PT já se declarou um campeão da moralidade pública, para logo se ligar a dois marqueteiros enganadores e à escória da política nacional. No poder, associou-se às empreiteiras em troca de gordas propinas, obtidas com as práticas da ladroagem despudorada, em prejuízo do país.

Os escândalos na Petrobras sequenciaram o uso do mensalão na compra dos demais partidos, tudo, enfim, que só se tornou conhecido graças à coragem de Joaquim Barbosa, até hoje agredido pelos petistas, da mesma forma que não perdoam Sérgio Moro pela ação saneadora, que entusiasma os brasileiros sem cabresto. O resto é a conversa fiada da militância, desmoralizada até nas ameaças inócuas, com agressões continuadas à sociedade e à ordem jurídica independente.

Os petistas não se cansam de criticar o impopular Temer, mas fingem esquecer que foram eles próprios a escolher o peemedebista para compor a chapa com Dilma Rousseff. De toda essa indignidade, o que temos hoje é a situação de ameaça aos trabalhadores e às conquistas históricas da previdência, nas mãos dos mesmos grupos que vêm há anos empobrecendo o povo brasileiro, sujeitado a uma escorcha que afronta os princípios do bom governo na gestão da coisa pública.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2018
    S T Q Q S S D
    « jan    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728