jan
10
Postado em 10-01-2018
Arquivado em (Artigos) por vitor em 10-01-2018 00:06

A volta da velha assombração tucana

BuzzFeed registrou hoje o novo depoimento que Carlos Armando Paschoal, o CAP, ex-executivo da Odebrecht e hoje delator, deu ao Ministério Público de SP em 5 de dezembro.

CAP reafirmou que Paulo Preto –diretor da Dersa na gestão de José Serra no governo paulista e eterna assombração dos tucanos–  cobrava propina de 5% e um adiantamento do suborno apelidado de “abadá”.

O advogado de Paulo Preto rebateu as acusações dizendo que seu cliente já falou à PF sobre o assunto e provou, com documentos, que o delator mente.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2018
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031