ago
23
Postado em 23-08-2017
Arquivado em (Artigos) por vitor em 23-08-2017 00:29


O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) deixa o prédio da Justiça Federal, em Brasília, após para prestar depoimento ao juiz Vaslliney de Souza Oliveira – 06/07/2017 (Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

DA VEJA (ONLINE)

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal em Brasília, aceitou nesta terça-feira denúncia contra o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) por obstrução de Justiça. Com isso, o peemedebista passa à condição de réu e responderá a ação penal por ter, supostamente, atuado para evitar a delação premiada do corretor Lúcio Funaro.

Funaro, que assinou sua colaboração nesta terça, é considerado um homem-bomba para políticos do PMDB por conhecer como poucos a engrenagem da organização criminosa que atuava em esquemas ilícitos na Caixa Econômica.

Na decisão, o magistrado justifica que a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-ministro atende os requisitos do Código de Processo Penal, pois “descreve de modo claro e objetivo fatos delituosos imputados a Geddel”.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos