jul
29
Postado em 29-07-2017
Arquivado em (Artigos) por vitor em 29-07-2017 00:09


Samuca, no Diário de Pernambuco (Recife)

Be Sociable, Share!

Comentários

Daniel on 29 julho, 2017 at 15:33 #

A má vontade contra qualquer coisa que o governo diga ou faça está passando de qualquer limite.

Qualquer ser meramente racional sabe que as contas estão melhorando. As quedas do PIB estão cessando, a inflação diminuiu, os juros caíram e até o relutante desemprego teve queda do último trimestre.

O resto é choro de militante preocupado com eleição e jornalista que tenta pegar carona em “impopularidade” para ganhar relevância!


Jair Santos on 30 julho, 2017 at 8:25 #

Danielç faz parte dos 5%!!!!!

“QUE DEMOCRACIA É ESSA NA QUAL TEMOS QUE ATURAR UM CRIMINOSO?”, QUESTIONA ALDIR BLANC

“No momento em que escrevo, só 5% dos brasileiros aprovam o presifraude Temer. Que democracia é essa na qual temos que aturar um criminoso se ninguém o quer? Continua conspirando e subornando porque corrompe parlamentáveis prostituídos que o sustentarão desde que ele abra o cofre e as pernas para emendas (leia-se roubalheira)”, escreve o músico Aldir Blanc em sua coluna neste domingo

247 – Em sua coluna nesta domingo, o compositor Aldir Blanc destaca a falta de legitimidade democrática de Michel Temer.

PUBLICIDADE

“No momento em que escrevo, só 5% dos brasileiros aprovam o presifraude Temer. Que democracia é essa na qual temos que aturar um criminoso se ninguém o quer? Continua conspirando e subornando porque corrompe parlamentáveis prostituídos que o sustentarão desde que ele abra o cofre e as pernas para emendas (leia-se roubalheira).

Enquanto isso, Meirelles mantém seu blablá tecnocrata do eixo Boston-Chicago. O “crescimento” anunciado está pertinho de zero e o desemprego beira os 15 milhões. A quadrilha Temer exibe todo tipo de miragem. Vi um gráfico subindo quase verticalmente na telinha, mas o número não conseguia encobrir a cascata: aumento de 0,09% em um treco otimista… O desgoverno fracassou em tudo. Deve propor nos próximos dias um plano de suicídio coletivo para o funcionalismo. Os ministros da Educação, Saúde, Trabalho, Agricultura e outros são o que Vó Noemia chamava de “cavalos vestidos”.

Conforme o terrível documento encaminhado por meu amigo Marcelo Chalreo, guerreiro na área de direitos humanos da OAB-RJ, trocam-se as vidas de índios, quilombolas, populações ribeirinhas e outros bestializados pelo entreguismo ao agronegócio, às formas mais perigosas de mineração, à devastação ambiental. O nome disso é genocídio.”


Daniel on 30 julho, 2017 at 17:26 #

E qual é o problema em “fazer parte dos 5%”, cidadão?

Por acaso o senhor pretende me atirar em algum campo de concentração ou Gulag por essa razão??

Quanto ao texto citado, tive o desprazer de conhecer a figura em questão. Em que pese ser uma referência na área musical, é um autêntico blefe do ponto de vista político e pessoal. Como tantos outros irmanados pela mesma ideologia!


Taciano Lemos de Carvalho on 30 julho, 2017 at 18:29 #

Brasil entrando nos trilhos? Melhor que não entre. Se entrar vai ficar despedaçado. Ninguém até hoje que ficou na linha do trem escapou com vida.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos