A cerimônia fez parte programação pelos festejos da Independência do Brasil na Bahia

DO CORREIO DA BAHIA

Da Redação, com Bruno Wendel

Ex-diretora do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, professora da UFBA, membro da Academia de Letras da Bahia, Consuelo Pondé de Sena era conhecida pelo empenho de lutar pelas causas da Bahia. Foi com essa lembrança que familiares, amigos e ex-colegas homenagearam durante uma missa a historiadora, morta em 2015 aos 81 anos. A cerimônia, que aconteceu na manhã deste sábado (1) na Igreja São Pedro dos Clérigos, faz parte programação pelos festejos da Independência do Brasil na Bahia. A missa foi encerrada com o Hino ao Dois de Julho.

A tradicional missa foi promovida pela Arquidiocese do Salvador, a Fundação Gregório de Mattos e o Instituto Histórico e Geográfico da Bahia (IHGB). O filho de Consuelo, Eduardo Pondé de Sena, esteve presente na homenagem e falou da alegria para a família receber a homenagem póstuma.

“É uma justa homenagem. Ela sempre colocava a família e a história da Bahia em primeiro lugar. Era conhecida por conta do trabalho e a dedicação às causas do estado. Sempre foi muito popular. Desde a morte, nossa família vem recebendo homenagens de gente que nem conhecemos. Ela era uma pessoa assertiva. Falava o que pensava e amava defender a história da Bahia”, disse emocionado. Durante a celebração ele também leu uma carta em agradecimento

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos