jun
24


O gosto do São João no Sudeste

Maria Aparecida Torneros

Tem gosto de saudosismo. O sudeste possui a maior colônia nordestina vinda de Estados que forneceram e fornecem ainda que, em menor escala, a mão de obra mais barata, que surpreende sempre por sua garra, força de vontade e alegria de viver na nossa região.

Suas festas juninas, por aqui, no eixo Rio e São Paulo, trazem o sabor da saudade da terra seca, além da manifestação latente do amor por suas raízes.

São João tem seu lugar de honra nas comunidades periféricas das grandes cidades onde o povo do Nordeste habita e labuta para o progresso das metrópoles.

Salve essa gente que nos dá o grande exemplo. Os que vieram e ainda vem pra cá buscando melhores condições de vida, nos oferecem o grande caldo de Cultura junina.

A mim, pessoalmente, esse legado se desdobra em música, guloseimas e poesia. Um viva aos irmãos nordestinos que fazem a festa neste Junho Alegre e caloroso. Viva São João!

Cida Torneros, jornalista e escritora, mora na vila famosa de Noel e Martinho, no Rio de Janeiro, onde edita o Blog da Cida.

Be Sociable, Share!

Comentários

Cida Torneros on 24 junho, 2017 at 9:11 #

Vivaaaaaa!


Lucia Jacobina on 24 junho, 2017 at 9:45 #

Obrigada pela homenagem, Cida! Como você bem reconheceu, as festas juninas constituem a maior tradição do povo nordestino e preservam a identidade culinária, musical e religiosa da região.
E viva também o Rio de Janeiro, onde visitei recentemente Paraty e Conservatória, cidades cuja musicalidade muito me emocionou justamente pelo culto a nossa MPB.


Cida Torneros on 24 junho, 2017 at 11:52 #

Lucia. De nada. Embora as origens sejam portuguesas, o povo do nordeste brasileiro é que sedimentou a essência dos festejos juninos no Brasil. Reconheço esta grandeza singela de uma gente trabalhadora que sabe viver e enfrenta desafios sempre. Imagino as festas de São João mas cidades que se enfeitam para manter a tradição. Vejo na televisão e me encanto. Uma lição de alegria. Vivaaa


Lucia Jacobina on 24 junho, 2017 at 14:02 #

Pois é, Cida, herdamos dos portugueses, mas existem igualmente festejos juninos em vários países europeus. Viajando pela Espanha, tive a agradável surpresa de assistir no noticiário televisivo fogueiras acesas e queima de fogos nas proximidades da Catedral da Sagrada Família, em Barcelona. A partir dessa experiência passei a pesquisar e tomei conhecimento do quanto esses santos são celebrados nos dois continentes.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos