JEC provoca, mas Moro brinca: “Eu não dei nenhuma cotovelada nele”

Sérgio Moro e José Eduardo Cardozo, como antecipou O Antagonista, dividiram uma mesa redonda neste sábado, no evento Brazil Forum UK 2017, em Londres.

Ecoando a narrativa do PT, Cardozo afirmou, segundo o Valor, que juízes “não são nunca neutros”, pois todos têm suas preferências e ideologias, e que é um risco se transformarem em agentes políticos, pois não foram eleitos para ter a devida legitimidade.

Já Moro, em sua palestra, disse que faz apenas uma interpretação ortodoxa do direito penal e que juízes não devem se preocupar com as repercussões políticas de seus julgamentos.

Para ele, o apoio inicial da população aos processos contra a corrupção foi “fundamental para prevenir a obstrução da Justiça” (entendeu, JEC?), mas juízes obviamente não podem julgar casos baseados na opinião pública e sim “nas provas concretas dos processos”.

JEC e Moro, acrescenta o jornal, sentaram-se lado a lado na mesa e Moro brincou ao iniciar sua apresentação: “Não sei se as pessoas esperavam algum confronto aqui. Eu não dei nenhuma cotovelada nele”.

O Antagonista acha que Moro faz bem em não se preocupar com repercussões petistas.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos