DEU NO BLOG O ANTAGONISTA

Frases da semana: “Lula é um bajulador de Emílio Odebrecht”

O Brasil se revela em poucas palavras. Veja:

O epitáfio

“No dia em que o Lula cair, acaba o PT.”

Flavio Bierrenbach, jurista, sobre o futuro dos companheiros do comandante máximo

“A relação de Lula com Emílio Odebrecht é de bajulador.”

Paulo Delgado, petista histórico, sobre o hábito de Lula criticar “as elites” em público e adulá-las em particular

“Lula se colocou a serviço das empreiteiras”

Luciana Genro, ao constatar que seu antigo líder não passa de uma grande pelego

Réquiem petista

registradora.”

Noam Chomsky, um petista americano, num lapso de realismo

Todos juntos

“Estava sendo cúmplice de um sistema eleitoral corrupto e negativo.”

De João Santana a Sérgio Moro, no papel de réu arrependido

“Todos os candidatos sabiam.”

Monica Moura a Sérgio Moro, enfatizando que não existem inocentes na política

Justiça aos homens de bem

“Há um arrastão para desmoralizar homens públicos de bem.”

Renan Calheiros, da tribuna do Senado, na esperança de criar um arrastão de homens de bem

“A República Federativa da Corrupção se estendia por todos os níveis da federação e era democraticamente distribuída entre Eikes e Marcelos, entre todos que podiam pagar.”

Do procurador Carlos Fernando, da Lava Jato, sobre o verdadeiro país em que vivemos

“Este Moro é capaz de tudo, é um negócio sem precedentes…”

Carlos Zarattini, ainda espantado com o fim da impunidade

“Delação não é prova.”

Geraldo Alckmin, lulando

Um ano sem Janete

“Com Dilma, nada disso teria sido possível e estaríamos próximos da Venezuela.”

Miguel Reale Jr., a O Antagonista, sobre a luz no fim do túnel

“O impeachment foi a melhor coisa que poderia ter ocorrido para o nosso país.”

Janaína Paschoal, a O Antagonista

“Sinceramente, a opinião da ex-presidente Dilma não faz a menor diferença”.

João Doria sobre Dilma o equiparar a um potencial Trump, em 2018

Foro, pra que te quero

“Não sei se é oportuno tentar fazer uma mudança casuística, diria quase ‘macunaímica’ agora.”

Gilmar Mendes, um ministro macunaímico

“Falar em açodamento nesse projeto é uma brutal injustiça.”

Edison Lobão, o Esquálido sobre a pressa em aprovar a lei de abuso de autoridade

“Pela madrugada! Santa Periquita! É de uma má-fé cínica…”

Roberto Requião, a quem só restaram as interjeições para defender o foro privilegiado

Pancadão sindicalista

“Tem que ser no pau, igual os militares fizeram.”

Manifestação de policiais sindicalistas que invadiram o Congresso

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos